Estrutura e história

A ‘lógica histórica’ nas abordagens de E. P. Thompson e a “teoria da história” de Marshall Sahlins

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6725.2022v27n47%20(jul./dez.).62819

Palavras-chave:

Estrutura, História, Experiência, Práxis, História Social

Resumo

Este artigo pretende uma análise sobre como o historiador E. P. Thompson e o antropólogo Marshall Sahlins refletiram sobre a temporalidade nos/dos processos históricos por meio das suas abordagens sobre estrutura e história. Com base em análise bibliográfica, avalio os pontos de aproximação, de encontros e desencontros, da “lógica histórica” de Thompson e uma “teoria da história” de Sahlins, apontando, a partir dessa reflexão, como os campos da história e da antropologia se avizinha(ra)m, notadamente a partir de c.1970, impactando sobremaneira uma abordagem da história social na qual as estruturas estão contidas na história e são submetidas à contingência da ação-experiência humana, num movimento dialético constante. Por fim, concluo que a aproximação entre E. P. Thompson e Marshall Sahlins está na centralidade, para ambos, da ação-experiência-dos-sujeitos, que, para eles, informa sobre o acontecimento-evento-atípico-singular e as estruturas de repetição na história; já o materialismo histórico, do qual decorre uma concepção de práxis-agência diversa, os afasta. Mas é na pluralidade temporal da história que eles se encontram.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Flaviane Ribeiro Nascimento, Instituto Federal da Bahia

Doutoranda em História pela Universidade Federal da Bahia e professora de História do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia (IFBA).

Referências

DESAN, Suzanne. Massas, comunidade e ritual na obra de E. P Thompson e Natalie Davis. In: HUNT, Lynn. A Nova História Cultural. 2. ed. São Paulo: Martins fontes, 2001, p. 63-96.

EVANS-PRITCHARD, Edward E. Antropología e Historia. In: Ensayos de Antropologia social. Madrid: Siglo XXI Editores, 1990.

FABIAN, Johannes. Nosso tempo, o tempo deles e nenhum tempo: a coetaneidade negada. In: O tempo e o outro: Como a Antropologia estabelece seu objeto. Petrópolis: Vozes, 2013.

GEERTZ, Clifford. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Ed. Guanabara, 1989.

GRAMSCI, Antônio. Cadernos do cárcere – v. 6. Literatura. Folclore. Gramática. Apêndices: variantes e índices. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.

HOBSBAWM, Eric. Sobre História. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

LÉVI-STRAUSS, Claude. História e etnologia [1949]. In: Antropologia estrutural. São Paulo: Cosac Naify, 2008 [1958], p. 13-40.

LÉVI-STRAUSS, Claude. História e etnologia, apresentação de Vanessa Lea. Textos Didácticos, n. 24, IFCH/UNICAMP, 2004 [1983].

LIMA, Henrique Espada. A micro-história italiana. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2006.

LINEBAUGH, Peter. What if C.L.R. James Had Met E.P. Thompson in 1792? In: In: Urgent Tasks, n. 12, summer 1981. Disponível online em: http://sojournertruth.net/epthompson.html Acessado em: 13/04/2022.

LINEBAUGH, Peter; REDIKER, Marcus. A hidra de muitas cabeças: marinheiros, escravos, plebeus e a história oculta do Atlântico Revolucionário. São Paulo: Companhia das Letras, 2008.

LINEBAUGH, Peter. Todas as Montanhas Atlânticas Estremeceram. Revista Brasileira de História, São Paulo: ANPUH; Editora Marco Zero, ano 3, n. 6, p. 07-46, 1983.

MARIUTTI, Eduardo Barros. Balanço do debate: a transição do feudalismo ao capitalismo. São Paulo, Editora Hucitec, 2004.

MATTOS, Marcelo Badaró. E. P. Thompson e a crítica ativa do materialismo histórico. Rio de Janeiro: Editora UFRJ, 2012.

MÜLLER, Ricardo G. Revisitando E. P. Thompson e a Miséria da Teoria. Diálogos (Maringá. Impresso), v. 11, p. 97-136, 2007.

NILSON, Diego Hernandés. Breve discussão sobre o conceito de práxis na obra de E. P. Thompson. Em Tese: Revista Eletrônica dos pós-Graduandos em Sociologia Política da UFSC, v. 8, n. 2, p. 19-34, 2011.

ORTNER, Sherry. Teoria na antropologia desde os anos 60. Mana, v. 17, n. 2, p. 419-466, 2011.

ROSA, Pablo O. Experiência e Cultura: Uma possível aproximação entre Antropologia, Sociologia e História em E. P. Thompson e Marshall Sahlins. Veredas da História, v. 2, n. 1, 2009, s/p.

SAHLINS, Marshall. Cosmologies of Capitalism: the trans-pacific sector of “the world system”. In: DIRKS, Nicholas; ELEY Geoff; ORTNER, Sherry B. (eds.). Culture, Power, History. Princeton: Princeton University Press, 1994, p. 412-455.

SAHLINS, Marshall. Cultura e razão prática. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor. 2003.

SAHLINS, Marshall. Ilhas de história. Rio de Janeiro: Zahar Editor, 1987.

SAHLINS, Marshall. Metáforas históricas e realidades míticas: estruturas nos primórdios da história do reino das Ilhas Sandwich. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2008.

SCHWARCZ, Lilia K. Moritz. História e Etnologia. Lévi-Strauss e os embates em região de fronteira. Revista de Antropologia, São Paulo, USP, v. 42, n. 1-2, p. 199-222, 1999.

SCHWARCZ, Lilia K. Moritz. Marshall Sahlins ou por uma antropologia estrutural e histórica. Cadernos de Campo, n. 9, p. 126-133, 2001.

SCHWARTZMAN, Steven. Estrutura e história. Anuário Antropológico, v. 8, n. 1, p. 270-282, 2018.

SHARPE, Jim. A história vista de baixo. In: BURKE, Peter (org.). A escrita da história: novas perspectivas. São Paulo: UNESP, 1992, p. 39-62.

SILVA, Fernando Teixeira da. Histórias e Ciências Sociais: zonas de fronteiras. Revista de História, v. 24, n. 1 p. 127-166, 2005.

THOMPSON, Edward P. A formação da classe operária inglesa. v. 1: A Árvore da Liberdade. Rio de Janeiro: Paz e Terra. 1987a.

THOMPSON, Edward P. A formação da classe operária inglesa. v. 2: A maldição de Adão. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1987b.

THOMPSON, Edward P. A Miséria da Teoria. Ou um planetário de erros: uma crítica ao pensamento de Althusser. Rio de Janeiro: Zahar, 1981.

THOMPSON, Edward P. Folclore, antropologia e história social. In: As peculiaridades dos ingleses e outros artigos. Campinas: Editora da Unicamp: 2001 [1977], p. 227-267.

THOMPSON, Edward P. Costumes em comum. São Paulo: Companhia das Letras, 1998.

VASCONCELOS, Eduardo H. B.; FRANKLIN, Ruben M. E. P. Thompson, a New Left e a dialética da liberdade/necessidade histórica. Opsis, v. 19, n. 2, p. 01-15, 2019.

Downloads

Publicado

2023-02-25

Como Citar

NASCIMENTO, F. R. Estrutura e história: A ‘lógica histórica’ nas abordagens de E. P. Thompson e a “teoria da história” de Marshall Sahlins. Saeculum, [S. l.], v. 27, n. 47 (jul./dez.), p. 177–190, 2023. DOI: 10.22478/ufpb.2317-6725.2022v27n47 (jul./dez.).62819. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/srh/article/view/62819. Acesso em: 29 maio. 2024.