Incansável pesquisadora de Linguística e Literatura regional, a Profa Dra Maria do Socorro Silva de Aragão construiu uma obra, conhecida no Brasil e no exterior, que envolve as subáreas de semiologia, geo, sócio e etnolinguística e etnoliteratura. Produtividade em pesquisa do CNPq, avaliadora, durante anos, da Capes, desenvolveu inúmeros projetos de pesquisa, individualmente ou em equipe, de que é exemplo o Atlas Linguístico do Brasil – Alib, publicado em 2014 (dois volumes e dois estão, ainda, para serem lançados) pela Universidade Federal do Paraná, para o qual, coordenou as análises e levantamento de campo nas comunidades do Norte e Nordeste. A autora também realizou aprofundados estudos sobre a literatura regional nordestina, não só sobre a língua, como sobre a fotobiografia, a epistolografia e outros aspectos culturais presentes no texto literário que podem servir de suporte ao estudioso da área. José Américo de Almeida, José Lins do Rego, Graciliano Ramos, Augusto dos Anjos e Ariano Suassuna estão entre os autores estudados; Sabe-se que o texto literário possui, antes de qualquer coisa, uma materialidade linguística: é a própria língua ressaltada em sua beleza e criatividade.
Este número pública catorze artigos escritos pela autora ou seus orientandos, três traduções, das quais uma para Libras, e uma entrevista, com colaboradoras da homenageada e ex-orientandos, que detalham seu percurso profissional na pesquisa, no ensino, na extensão e na administração, entre os quais, vale destacar o frutuoso período de 1984 a 1987 quando esteve na presidência da Fundação Casa de José Américo.

Publicado: 2020-06-30

EDITORIAL

TRADUÇÕES