REVISITANDO OS ESTUDOS DE DIPLOMÁTICA E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A IDENTIFICAÇÃO ARQUIVÍSTICA DE DOCUMENTOS DIGITAIS

A theoretical-methodological approach to Diplomatics

Autores

  • Wanderson Monteiro da Silva Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro
  • Tássia Lourena Ferreira Albarado Universidade Federal do Amazonas

Palavras-chave:

identificação arquivística; diplomática; InterPARES; documentos digitais.

Resumo

Contextualiza o método de identificação arquivística aplicado aos documentos digitais, por isso revisita os estudos da Diplomática no Canadá, por meio do projeto InterPARES e dos estudos do grupo de arquivistas de Madri (Espanha). Utilizamos a revisão de literatura de publicações das principais obras e autores que trabalham estas abordagens. Os estudos permitiram observar que ambas as metodologias, apresentam diferenças, mas também demostram suas semelhanças, por utilizarem como aporte os conceitos e princípios da Diplomática e Arquivologia. Portanto, a metodologia aplicada pelo InterPARES identifica a confiabilidade, autenticidade e precisão dos documentos digitais e o método da identificação arquivística possibilita demonstrar o contexto de produção dos documentos, independente do estágio em que esteja e do suporte em que se encontrem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Wanderson Monteiro da Silva, Arquivo Público do Estado do Rio de Janeiro

Mestre em Ciência da Informação pela Universidade Federal Fluminense (UFF). Bacharel em Arquivologia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM)

Tássia Lourena Ferreira Albarado, Universidade Federal do Amazonas

Graduando em Arquivologia pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM).

Referências

BELLOTTO, Heloísa Liberalli. Arquivos permanentes: tratamento documental. 4. ed., Rio de Janeiro: FGV, 2006.

CONSELHO NACIONAL DE ARQUIVOS (CONARQ). Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos (CTDE). Glossário de Documentos Digitais, 7ª versão. Disponível em: http://conarq.arquivonacional.gov.br/images/ctde/Glossario/2016-CTDE-Glossario_V7_public.pdf. Acesso em: 14 jul. 2019.

CAMARGO, Ana Maria de Almeida; BELLOTTO, Heloísa Liberalli (coord.). Dicionário de terminologia arquivística. São Paulo (Brasil): Associação dos Arquivistas Brasileiros /

Núcleo Regional de São Paulo: Secretaria de Estado da Cultura, 1996.

CONDE VILLAVERDE, María Luisa. La identificación y valoración de los fondos documentales de la Administración Estatal: problemas y metodología. Iberoamérica: idéntico tratamiento para una misma realidad. Primeras Jornadas sobre metodología para la identificación y valoración de fondos documentales de las Administraciones Públicas, 1991. In: Actas... Madrid: Dirección de Archivos Estatales, 1992.

DURANTI, Luciana; MACNEIL, Heather. The Protection of the Integrity of Electronic Records: An Overview of the UBC-MAS Research Project. Archivaria, v. 42, p. 46-67, 1996.

DURANTI, Luciana; MACNEIL, Heather. Diplomatics: new uses for an old science. Scarecrow Press, 1998.

DURANTI, Luciana; MACNEIL, Heather. From Digital Diplomatics to Digital Records Forensics. Archivaria, v. 68, p. 39-66, 2009.

HEREDIA HERRERA, Antonia. La identificación y la valoración documentales en la gestión administrativa de las instituciones públicas. Boletín de la ANABAD, v. 49, n. 1, p. 19-50, 1999.

INTERPARES. International Research on Permanent Authentic Records on Eletronic Systems (1st phase). Disponível em: http://www.interpares.org/ip1/ip1_index.cfm. Acesso em: 09 jul. 2019.

INTERPARES. International Research on Permanent Authentic Records on Eletronic Systems (2nd phase). Disponível em: http://www.interpares.org/ip2/ip2_index.cfm. Acesso em: 09 jul. 2019.

INTERPARES. International Research on Permanent Authentic Records on Eletronic Systems (3rd phase). Disponível em: http://www.interpares.org/ip3/ip3_index.cfm. Acesso em: 09 jul. 2019.

INTERPARES TRUST (ITrust). International Research on Permanent Authentic Records on Eletronic Systems (4th phase). Disponível em: https://interparestrust.org/. Acesso em: 09 jul. 2019.

ISASI MARTÍNEZ, Carmen et al. Guía para editar textos CHARTA según el estândar TEI: una proposta. (2014), Disponível em: http://files.redcharta1.webnode.es/200000027-7b22d7c1cc/Gu%C3%ADa%20CHARTA-TEI.pdf. Acesso em: 17 jul. 2019.

MENDO CARMONA, Concepción. Consideraciones sobre el método en archivistica.

Documenta & Instrumenta. Madrid, Universidad Complutense de Madrid, v. I,

ROCHA, Claudia Lacombe. Projeto InterPARES: entrevista com Luciana Duranti. PontodeAcesso, Salvador, v. 3, n. 1, p. 82-91, abr. 2009.

RONDINELLI, Rosely Curi. Gerenciamento arquivístico de documentos eletrônicos: uma abordagem da diplomática arquivística contemporânea. 4 ed. Rio de Janeiro: FGV. 2005.

RONDINELLI, Rosely Curi. O documento arquivístico ante a realidade digital: uma revisitação conceitual necessária. Rio de Janeiro: FGV, 2013.

RODRIGUES, Ana Célia. Diplomática contemporânea como fundamento de identificação de tipologia documental em arquivos. Tese (Doutorado em História Social) – Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 2008.

RODRIGUES, Ana Célia. Identificação: uma nova função arquivística?. Revista EDICIC, v.1, n.4, p.109-129, Oct./Dic. 2011.

RODRIGUES, Ana Célia. Identificação: uma metodologia de pesquisa para a Arquivística. In: VALENTIM, Marta Lígia Pomim. Estudos avançados em Arquivologia. Marília, São Paulo: Oficina Universitária; Cultura Acadêmica, 2012.

SCHELLENBERG. Theodore R. Arquivos Modernos: princípios e técnicas. 6 ed. Rio de Janeiro: FGV, 2006.

TOGNOLI, Natália Bolfarini. A construção teórica da Diplomática: em busca de uma sistematização de seus marcos teóricos como subsídios aos estudos arquivísticos. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Faculdade de Filosofia e Ciências, Universidade Estadual Paulista, 2013.

TOGNOLI, Natália Bolfarini. Diplomática: dos diplomas aos documentos digitais. Revista do Arquivo, São Paulo, ano 2, n. 6, p. 34-36, abr. 2018.

UBC PROJECT. The preservation of the integrity of electronic records. Disponível em: http://www.interpares.org/UBCProject/index.htm. Acesso em: 09 jul. 2019.

Downloads

Publicado

30-06-2022

Como Citar

SILVA, W. .; ALBARADO, T. L. F. . REVISITANDO OS ESTUDOS DE DIPLOMÁTICA E SUAS CONTRIBUIÇÕES PARA A IDENTIFICAÇÃO ARQUIVÍSTICA DE DOCUMENTOS DIGITAIS: A theoretical-methodological approach to Diplomatics. Archeion Online, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 57–75, 2022. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/archeion/article/view/61963. Acesso em: 3 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigo de Revisão