“MARKETING” NAS MATRIZES CURRICULARES DOS CURSOS DE ARQUIVOLOGIA DA REGIÃO NORDESTE DO BRASIL

Autores

  • Alessandra dos Santos Araújo Universidade Federal de Sergipe
  • Pablo Boaventura Sales Paixão Universidade Federal de Sergipe
  • Juliana Soares de Fonseca Universidade Federal de Sergipe

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2318-6186.2022v10n1.62762

Palavras-chave:

Marketing; Curso de Arquivologia; Matrizes Curriculares; Profissional arquivista.

Resumo

Analisa as disciplinas que abordam o tema Marketing nas matrizes curriculares dos cursos de Arquivologia ofertados pela UFBA, UFPB e UEPB da região nordeste do Brasil, na modalidade presencial. Destaca ainda a importância do marketing, seja ele tradicional ou digital, por ter a finalidade de divulgar os produtos e serviços ofertados pelas unidades de informação. A metodologia utilizada foi a pesquisa exploratória, do tipo bibliográfica e documental, com abordagem qualitativa. Utilizou-se como amostragem na investigação, os Projetos Políticos Pedagógicos de Cursos (PPCs) disponíveis na internet. Como resultado, verificou-se que, nas matrizes curriculares dos referidos cursos, o marketing traz um diferencial na formação dos futuros profissionais, embora seja abordado de forma primária. Porém, ao inserir essa temática com maior propriedade, é possível que se torne uma ferramenta eficiente e eficaz para as diversas ações a serem utilizadas pelos futuros arquivistas. 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandra dos Santos Araújo, Universidade Federal de Sergipe

Professora Adjunta do Curso de Biblioteconomia e Documentação da Universidade Federal de Sergipe. Docente do curso de Pós Graduação em Ciência da Informação da Universidade Federal de Sergipe (PPGCI/UFS). Coordenadora do Programa de Pós-graduação em Ciência de Informação (PPGCI) que oferece o Curso de Mestrado Profissional em Gestão da Informação e do Conhecimento. Coordenadora de Disciplina no Curso de Bacharelado em Biblioteconomia à Distância da UFS. Possui Doutorado em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília (UNB) . Mestrado em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília. (UNB). Especialização em em Gestão de Arquivos da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM). Graduada em Biblioteconomia pela Universidade Federal do Pará (UFPA). Membro do Grupo de Pesquisa Núcleo de Estudos em Mediação, Apropriação e Gestão da Informação e do Conhecimento (NEMAGI) e OIT - Observatório Informacional do Trabalho, ambos da UFS. Na graduação ministra as disciplinas: Metodologia Aplicada às Ciências Biológicas e da Saúde; Tecnologias da Informação e Comunicação Aplicadas à Biblioteconomia I e II; Representação do Conhecimento em Ambientes Digitais; Tópicos Especiais em Gestão da Informação; Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) I e II. Áreas de interesse: Tecnologia da Informação e Comunicação, Arquivos Digitais, Preservação Digital, Arquivos na área da saúde, Acervos imagéticos, Gestão da informação em ambientes digitais.

Pablo Boaventura Sales Paixão, Universidade Federal de Sergipe

Doutor em Ciência da Informação pela Universidade Complutense de Madri (2016), com título revalidado pela Universidade de Brasília (UnB); Mestre em Educação (2011); Especialista em Comunicação e Mídia Digital (2006) e Bacharel em comunicação social (2004) pela Universidade Tiradentes - UNIT. Professor permanente voluntário do Programa de Pós-Graduação em Gestão da Informação e do Conhecimento, da Universidade Federal de Sergipe (UFS). Integrante dos Grupos de Estudos em Comunicação, Educação e Sociedade - GECES (UNIT/CNPq); Competência em Informação (UnB/CNPq) e do Núcleo de Estudos em Mediação, Apropriação e Gestão da Informação e do Conhecimento (NEMAGI/UFS). Atualmente é Assessor de Comunicação e Eventos, além de Coordenador de Pesquisa e Extensão do Instituto Federal de Sergipe (IFS) - Campus Socorro.Tem experiência nas áreas de competência informacional e Inclusão Digital; tecnologias aplicadas à educação; Comunicação Organizacional, com ênfase em Relações Públicas e Marketing.

Juliana Soares de Fonseca, Universidade Federal de Sergipe

Técnica em Arquivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS/SE). Mestranda em Gestão da Informação e do Conhecimento - UFS. Graduação em Biblioteconomia e Arquivologia-UFPB. julianafonseca.pb@gmail.com

 

Referências

ANDRADE, Andresa Léia de; ALMEIDA, Daniela Pereira dos Reis de. Capacitação em serviços de arquivo: o arquivista frente aos desafios das tecnologias da informação e comunicação. Revista EDICIC, s.l., v. 1, n.3, p. 52-58, jul./set.2011. Disponível em: <http://www.edicic.org/revista/>. Acesso em: 15 nov. 2021.

BRAGANÇA, F. F. C.; ZACCARIA, R. B. Gestão de marketing em unidades de informação: estudo de caso do Centro de Documentação e Arquivo da Câmara de Vereadores de Piracicaba (SP). Revista Analisando em Ciência da Informação, v. 4, n. Especial, 2016. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/80926. Acesso em: 03 nov. 2021.

FERREIRA, Jade Gomes de Sousa; GUERRA, Maria Aurea Montenegro Albuquerque. Gestão e marketing em unidade de informação: competências do profissional da informação. Informação em Pauta, v. 3, n. 1, p. 81-96, 2018. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/41817. Acesso em: 15 nov. 2021.

FONSECA, Juliana Soares da; ROCHA, Maria Meriane Vieira; SOUSA, Ana Claudia Medeiros de. Aplicação do Marketing no Arquivo Geral da Universidade Federal da Paraíba. In: Dulce Amélia de Brito Neves; Maria Meriane Vieira Rocha; Patrícia Silva. (Org.). Cartografia da Pesquisa e Ensino da Arquivologia no Brasil: IV Reparq. 1ed.JOÃO PESSOA: Editora UFPB, 2016, v. p. 503-522.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GIL, Antônio Carlos. Métodos e técnicas de pesquisa social. 6. ed. São Paulo: Atlas, 2008.

GIROTO, Luan; FORMENTINI, Rosangela. Estratégias de marketing digital para unidades de informacionais: estudo de websites de arquivos e bibliotecas públicas estaduais. InCID: Revista de Ciência da Informação e Documentação, [S.L], v.8, n. 2, p. 144-162, 2017. Disponível em: https://www.revistas.usp.br/incid/article/view/128998. Acesso em: 05 jan. 2022.

KOTLER, Philip; KARTAJAYA, Hermawan; SETIAWAN, Iwan (Org.). Marketing 4.0: do tradicional ao digital. Rio de Janeiro: Sextante, 2017.

PRADO, Jorge Moisés Kroll do; PINTO, Adilson Luiz. Marketing na Ciência da Informação brasileira: quatro décadas de produção. Informação & Sociedade: Estudos, João Pessoa, v. 28, n. 3, p. 53-68, set./dez. 2018.Disponível em: https://periódicos.ufpb.br/ojs/index.php/ies/article/view/37935. Acesso em: 15 nov. 2021.

RIBEIRO, Magno Alex Carneiro. Ensino de Arquivologia: diagnóstico das metodologias adotadas no ensino das disciplinas técnicas na formação arquivística.

João Pessoa, PB, 2015. Artigo (TCC) (Graduação em Arquivologia) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.

LAURENTINO, Ronys Berto. A importância do marketing e suas estratégias na promoção das unidades de informação e do profissional arquivista. João Pessoa, PB, 2015. Monografia (Graduação em Arquivologia) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2015.

SANTOS, Igleide de Oliveira. Marketing digital: análise das mídias sociais nas unidades de informação. São Cristóvão, SE, 2016. Monografia (Graduação em Biblioteconomia e Documentação) - Universidade Federal de Sergipe, São Cristóvão, 2016.

SANTOS, Jovenilda Freitas dos; LUBISCO, Nídia Maria Lienert. O desenvolvimento do marketing e sua aproximação com os paradigmas da Ciência da Informação. RDBCI: Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, Campinas, SP, v. 16, n. 2, p. 380-396, maio/ago. 2018. Disponível em: https://brapci.inf.br/index.php/res/download/114536. Acesso em: 23 set. 2021.

SANTOS, Jussara Pereira. O moderno profissional da informação: o bibliotecário e seu perfil face os novos tempos. Informação & Informação, Londrina, v. 1, n. 1, p. 5-13, jan./jun. 1996.

SAVIANI, Dermeval. Educação escolar, currículo e sociedade: o problema da Base Nacional Comum Curricular. Movimento: Revista de Educação, Niterói, ano 3, n. 4, p. 54-84, 2016. Disponível em: http://www.revistamovimento.uff.br/ index.php/revistamovimento/article/view/296. Acesso em: 20 nov. 2020.

SILVA, Alzira Karla Araújo da; PONTES, Liliane da Costa. O marketing como ferramenta estratégica na Arquivologia: do diagnóstico ao plano de ação (marketing) no arquivo setorial de uma instituição de ensino superior. Archeion Oline, v.5, n. 4, p. 172-193, 2017. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/archeion/article/view/36269. Acesso em: 26 jan. 2022.

SILVA, Cícera Ana Micaele Gomes da. A aplicabilidade do marketing de relacionamento na gestão de bibliotecas universitárias: um estudo em uma biblioteca de instituição privada de juazeiro do norte – ce. Revista Folha de Rosto, v. 2, n. 2, p. 5-15, 2016. Disponível em: http://hdl.handle.net/20.500.11959/brapci/39219. Acesso em: 26 nov. 2021.

TARGINO, Maria das Graças. Olhares e fragmentos: cotidiano da Biblioteconomia e Ciência da Informação. Teresina: EDUFPI, 2006.

WENNINGKAMP, Anderson. CRM: o que é e como funciona. Administradores.com, 2009. Disponível em: https://administradores.com.br/artigos/crm-o-que-e-crm-e-como-funciona.

Downloads

Publicado

30-06-2022

Como Citar

DOS SANTOS ARAÚJO, A.; BOAVENTURA SALES PAIXÃO, P.; SOARES DA FONSECA, J. “MARKETING” NAS MATRIZES CURRICULARES DOS CURSOS DE ARQUIVOLOGIA DA REGIÃO NORDESTE DO BRASIL. Archeion Online, [S. l.], v. 10, n. 1, p. 4–17, 2022. DOI: 10.22478/ufpb.2318-6186.2022v10n1.62762. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/archeion/article/view/62762. Acesso em: 3 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigo de Revisão