Crescimento e produtividade do crambe em resposta à calagem e ao espaçamento entre fileiras

Autores

DOI:

https://doi.org/10.25066/agrotec.v41i3-4.55010

Palavras-chave:

Crambe abyssinica Hochst, Fertilidade, Solo, Calcário

Resumo

O crambe é uma espécie vegetal oleaginosa potencial fornecedora de matéria prima para biodiesel. No Brasil, seu cultivo é incipiente, sendo necessárias informações relativas ao manejo da cultura. Assim, o objetivo com este trabalho foi avaliar o efeito de quatro espaçamentos entre linhas (0,15; 0,30; 0,45; e 0,60 m) e três níveis de calagem (0; 1.500; e 3.000 kg ha-1 de calcário) sobre o crescimento e produtividade da cultura do crambe. O experimento foi desenvolvido em condições de campo na área experimental de agroenergia do IF Goiano, campus Rio Verde, GO. Foram realizadas coletas e pesagens da parte aérea e das raízes 60 dias após a emergência, com a finalidade de acompanhar o crescimento das plantas. Por ocasião do final do ciclo da cultura, 77 dias após a emergência, as plantas da área útil, compreendidas em 1 m2, foram coletadas para a obtenção da produtividade de grãos, peso de 100 sementes e massa seca da parte aérea produzida por área. Dessas plantas, dez foram tomadas ao acaso para contagem do número de galhos. Os resultados indicaram que plantas com fileiras espaçadas em 0,60 m apresentaram maior crescimento individual que aquelas com fileiras espaçadas em 0,15 m; porém, o espaçamento de 0,15 m propicia maior produção de parte aérea por área comparado ao espaçamento de 0,60 m. A aplicação de 1500 kg ha-1 de calcário propicia maior crescimento individual das plantas aos 60 dias após a emergência, comparado a aplicação de 3000 kg ha-1 de calcário. Maior produtividade de grãos é conseguida com a aplicação de 3000 kg ha-1 de calcário e espaçamento entre fileiras de 0,30 m. As quantidades de calcário avaliadas, no entanto, não influenciaram na massa da parte aérea produzida por área.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-12-31

Como Citar

Branquinho, R. G., & Alves, J. M. (2020). Crescimento e produtividade do crambe em resposta à calagem e ao espaçamento entre fileiras. Agropecuária Técnica, 41(3-4), 65–70. https://doi.org/10.25066/agrotec.v41i3-4.55010

Edição

Seção

Agronomia