Promessa não é dívida?

O discurso do consumidor e os desafios da coabitação na ecologia da comunicação organizacional – O Reclame AQUI

  • Marcelo Pereira da Silva Universidade Federal do Maranhão
Palavras-chave: Ecologia da Comunicação; Discurso; Consumidor; Decepção; Promessa

Resumo

A sociedade de consumo se arquiteta sobre bases ambivalentes: o consumidor contemporâneo transita da promessa da felicidade publicitária à decepção. As novas socialidades, conexões e interatividades geradas pela ecologia da comunicação trazem à ribalta a necessidade de gerirmos as diferenças e fomentarmos o respeito às alteridades. Por meio da Análise de discurso, depreendemos alguns sentidos de frustração que povoam o discurso do sujeito inscrito no site de rede social Reclame AQUI, inferindo que a coabitação é um dos maiores desafios deste século. 

Biografia do Autor

Marcelo Pereira da Silva, Universidade Federal do Maranhão

Pós-Doutor em Comunicação pela Universidade Estadual Paulista/Bauru. Professor permanente do Mestrado Interdisciplinar em Linguagens, Mídia e Arte e do curso de Relações Públicas da PUC-Campinas. Membro do grupo de pesquisa "Sociedade Midiatizada: Processos, Tecnologia e Linguagem" da PUC-Campinas.

Referências

BAUMAN, Zygmunt. Modernidade e ambivalência. Rio de Janeiro: Zahar, 1999.

__________________. Identidade. Rio de Janeiro: Zahar, 2005.

__________________. Vida para consumo: A transformação das pessoas em mercadorias. Rio de Janeiro: Zahar, 2008.

__________________. A arte da vida. Rio de Janeiro: Zahar, 2009.

__________________. A ética é possível num mundo de consumidores? Rio de janeiro: Zahar, 2011.

_________________. Danos colaterais: desigualdades sociais numa era global. Rio de Janeiro: Zahar, 2013.

BRANDÃO, Helena Nagamine. Enunciação e construção do sentido. In: FÍGARO, Roseli (Ed.). Comunicação e Análise do Discurso. São Paulo: Contexto, 2012.

CHARAUDEAU, Patrick. Discurso das mídias. Tradução Ângela S. M. Corrêa. São Paulo: Contexto, 2006.

_________. Linguagem e discurso: Modos de organização. 2. ed. São Paulo: Contexto, 2010.

CHARAUDEAU, Patrick; MAINGUENEAU, Dominique. Dicionário de análise do discurso. Coordenação da tradução Fabiana Komesu. São Paulo: Contexto, 2004.

DI FELICE, Massimo. Do público para as redes: a comunicação digital e as novas formas de participação social. São Caetano do Sul: Difusão, 2008.

___________. Net-ativismo – da ação social para o ato conectivo. São Paulo: Paulus, 2017.

FIORIN, José Luiz. Polifonia textual e discursiva. In: BARROS, Diana Luz Pessoa; FIORIN, José Luiz (Orgs.). Dialogismo, polifonia, intertextualidade: em torno de Bakhtin. São Paulo: Edusp, 2003.

LIPOVETSKY, Gilles. Os tempos hipermodernos. São Paulo: Barcarolla, 2004.

____________. A era do vazio: ensaios sobre o individualismo contemporâneo. Barueri: Manole, 2005.

____________. A sociedade da decepção. Barueri: Manole, 2007.

MAINGUENEAU, Dominique. Cenas da enunciação. São Paulo: Parábola, 2008.

MORIN, Edgar. A via para o futuro da humanidade. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2015.

PÊCHEUX, Michel. Análise de Discurso. (Textos escolhidos por Eni Puccinelli Orlandi). Campinas: Pontes, 2012.

PINTO, Milton José. Comunicação e discurso: introdução à análise de discursos. 2ª ed. São Paulo: Hacker, 2002.

RUBLESCKI, Anelise; BARICHELLO, Eugenia Mariano da Rocha. Ecologia da Mídia. Santa Maria: FACOS-UFSM, 2013.

SANTAELLA, Lúcia. A ecologia pluralista da comunicação: conectividade, mobilidade ubiquidade. São Paulo: Paulus, 2010.

SCOLARI, CARLOS A. Más allá de McLuhan: Hacia una ecología de los medios. In: RUBLESCKI, Anelise; BARICHELLO, Eugenia Mariano da Rocha. Ecologia da Mídia. Santa Maria: FACOS-UFSM, 2013.

_______________. Ecología de los Medios. Mapa de um nicho teórico. Quaderns del CAC, Vol.13, n.1, 2010.

TERRA, Carolina Frazon. Usuário-mídia: a relação entre a comunicação organizacional e o conteúdo gerado pelo internauta nas mídias sociais. 2011. Tese (Doutorado em Interfaces Sociais da Comunicação) - Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2011. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/27/27154/tde-02062011-151144/>. Acesso: 28 jul.2016.

WOLTON, Dominique. É preciso salvar a comunicação. São Paulo: Paulus, 2006.

Publicado
2020-09-30
Como Citar
PEREIRA DA SILVA, M. Promessa não é dívida?. Culturas Midiáticas, v. 13, n. 1, p. 228-246, 30 set. 2020.
Seção
Artigos - Mídia e Consumo