Por que Humanidades Digitais na Ciência da Informação? Perspectivas pregressas e futuras de uma prática transdisciplinar comum

  • Ricardo Medeiros Pimenta Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT)Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI/IBICT-UFRJ) http://orcid.org/0000-0002-1612-4126

Resumo

Este artigo é fruto de pesquisa teórica sobre estudos críticos em informação e em Humanidades Digitais. Apresenta as Humanidades Digitais identificando seus principais autores, discorrendo de sua proximidade com a Ciência da Informação. Nesse sentido, apresenta conceitos e campos de desenvolvimento da Humanidades Digitais conexos e busca apresentar a Ciência da Informação como espaço interdisciplinar e de conectividade entre aqueles. Discorre sobre uma história comum, assim como uma retórica científica similar onde faz uso do conceito de “ideologia científica” de Georges Canguilhem. Ao final aponta, por meio do diálogo bibliográfico a proximidade entre estes dois campos, sinalizando à comunidade científica brasileira que as Humanidades Digitais são espaço de atuação de pesquisas e investigações para os cientistas da informação na contemporaneidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ricardo Medeiros Pimenta, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT)Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI/IBICT-UFRJ)

Pesquisador Adjunto I do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Professor do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação (PPGCI/IBICT-UFRJ). É Historiador graduado (2003) pela Universidade Gama Filho - UGF com pós-graduação em História do Brasil (2005) pela Universidade Cândido Mendes - UCAM. Possui mestrado em Memória Social e Documento (2006) pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro UNIRIO, e doutorado em Memória Social (2010) pela mesma instituição, com estágio doutoral (2007 - 2008) na École des Hautes Études en Sciences Sociales - EHESS de Paris. É membro da Comissão de Altos Estudos do Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil (1964-1985) - Memórias Reveladas. É professor do Departamento de História do Instituto Universitário de Pesquisas do Rio de Janeiro (IUPERJ) da Universidade Cândido Mendes (UCAM). Participa como pesquisador dos Grupos de Pesquisa: "Intelectuais, Instituições e Sociedade" e "Memória e Espaço", ambos registrados no mesmo diretório do CNPq. Tem interesse nos campos de diálogo entre Informação, Memória, Ciberespaço. Possui, ainda, interesse nas reflexões concernentes ao papel do documento, do arquivo e das novas tecnologias de informação e comunicação (TICs) para os movimentos sociais e para a escrita da História, campo disciplinar das ciências humanas. Suas formas de construção de discursos, sentidos e conhecimento no espaço político e cultural, público e privado.

Publicado
2020-06-15
Como Citar
Pimenta, R. M. (2020). Por que Humanidades Digitais na Ciência da Informação? Perspectivas pregressas e futuras de uma prática transdisciplinar comum. Informação & Sociedade: Estudos, 30(2). https://doi.org/10.22478/ufpb.1809-4783.2020v30n2.52122
Seção
Artigos de Revisão