Energia eólica e competitividade: uma análise Bibliométrica

Resumo

Nas últimas décadas, muito se tem discutido sobre a relação da produção de energia por meio de combustíveis fósseis e as alterações climáticas, o que fez com que se aumentasse, significativamente os estudos sobre novas formas de geração de energia, utilizando fontes limpas e renováveis. Dentre essas fontes, a energia eólica é considerada uma das mais promissoras, pois apresenta crescimento exponencial, economicidade garantia de suprimento contínuo. Apesar disso, dado que as fontes fósseis já se encontram consolidadas, tanto em termos econômicos, como em termos de conhecimento técnico, torna-se necessário conhecer os fatores de competitividade que podem se caracterizar como potencialidades ou restrições para o pleno desenvolvimento da fonte eólica. A fim de conhecer esses aspectos, esta pesquisa teve como objetivo central analisar o caminho da evolução dos estudos relacionados aos fatores de competitividade pertinentes à energia eólica, empregando análise bibliométrica para que futuros direcionamentos de pesquisas possam ser identificados. Os resultados mostraram que os estudos sobre energia eólica e competitividade ganharam fôlego a partir de 2006, mantendo-se de forma constante até o período atual. Foi constatado também, através da análise por palavras-chave e avaliação qualitativa das publicações, que estas estavam classificadas em nove aspectos relacionados à competitividade: Análise Econômica, Concorrência, Tecnologia, Custos Operacionais, Regulação / Governo, Impactos Ambientais, Competitividade, Mercado e Geração Híbrida, fornecendo orientações para pesquisas futuras.

Palavras-chave: Energia Eólica. Competitividade. Energias Renováveis. Análise Bibliométrica.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rogério Santos Marques, Universidade Federal da Bahia - UFBA

PhD student of Postgraduate Program in Industrial Engineering (PEI) of the Federal University of Bahia (UFBA), Master in environmental sciences and Health Pontifical Catholic University of Goiás (PUC-GO); Specialist in Hospital Administration (University Center are Camilo); Bachelor of Administration from the State University of Southwestern Bahia (UESB), since 2006 and currently, he is researcher and professor with exclusive dedication State university of Bahia (UNEB). Currently, it is dedicated to the study of wind power and analysis of the competitiveness in Bahia, Researcher with experience in renewable energies, wind power.

Luís Oscar Silva Martins, Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB

Professor Assistente da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia - UFRB
Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade

Doutorando do programa de Pós graduação em Energia e Ambiente - Cienan na

Universidade Federal da Bahia- UFBA 

Fábio Matos Fernandes, Universidade do Estado da Bahia- UNEB

Professor da Universidade do Estado da Bahia- UNEB 

Doutorando do programa de Pós graduação em Engenharia Industrial - PEI 

na Universidade Federal da Bahia - UFBA

Marcelo Santana Silva, Instituto Federal de Educação, Ciências e Tecnologias - IFBA

Pós-Doutor pelo Programa de Pós-Graduação em Engenharia Industrial - PEI (UFBA) onde foi bolsista (PDJ/CNPq). Doutor em Energia e Ambiente (UFBA), Mestre em Regulação da Indústria de Energia (UNIFACS).

Professor Colaborador do Doutorado em Engenharia Industrial da Universidade Federal da Bahia -UFBA

Francisco Gaudêncio Mendonça Freires, Universidade Federal da Bahia - UFBA

Ph.D. em Engenharia e Gestão Industrial pela Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, mestrado em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina.

Professor permanente do Programa de pós graduação em Engenharia Industrial da 

Universidade Federal da Bahia - UFBA

Publicado
2020-06-27
Como Citar
Santos Marques, R., Martins, L. O. S., Fernandes, F. M., Silva, M. S., & Freires, F. G. M. (2020). Energia eólica e competitividade: uma análise Bibliométrica. Informação & Sociedade: Estudos, 30(2). https://doi.org/10.22478/ufpb.1809-4783.2020v30n2.52282
Seção
Relatos de Pesquisa