Abordagens de Análise de Discurso na Ciência da Informação: panorama dos estudos brasileiros

Autores

  • Alessandra Rodrigues da Silva UnB
  • Dulce Maria Baptista UnB

Palavras-chave:

Linguística. Análise de discurso. Produção científica.

Resumo

O trabalho objetiva identificar quais as principais abordagens de Análise de Discurso são utilizadas em estudos da Ciência da Informação, com base em quais autores/as, no intuito de se construir um panorama dos estudos relacionados à linguagem na Ciência da Informação, a partir de uma ótica social, discursiva e analítica, em âmbito teórico e metodológico. Utilizou-se a pesquisa qualitativa, documental e descritiva com a identificação de parcela da produção científica relacionada à Ciência da Informação que aborda a Análise de Discurso (periódicos classificados no WebQualis no estrato A1). Concluiu-se que as abordagens de AD de linha francesa, em especial os estudos de Foucault, predominam no universo de estudos da Ciência da Informação analisado, mas que apesar disso, a Análise de Discurso pode ter seu emprego potencializado na Ciência da Informação por meio do amparo teórico que proporciona, com a associação das bases ontológica e epistemológica da pesquisa.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alessandra Rodrigues da Silva, UnB

Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade de Brasília, Brasil. Analista de Gestão da Informação na Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Brasil.

Dulce Maria Baptista, UnB

Doutora em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília, Brasil. Docente do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação da Universidade de Brasília, Brasil.

Downloads

Publicado

2015-07-27

Como Citar

Silva, A. R. da, & Baptista, D. M. (2015). Abordagens de Análise de Discurso na Ciência da Informação: panorama dos estudos brasileiros. Informação &Amp; Sociedade: Estudos, 25(2), 103. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/ies/article/view/89

Edição

Seção

Memórias Científicas Originais