DESAPRENDIZAGEM ORGANIZACIONAL: UMA REVISÃO BIBLIOMÉTRICA E ANALÍTICA DA LITERATURA

  • Cristiane Raquel Woszezenki Instituto Federal de Santa Catarina
  • Fabiana Besen Instituto Federal de Santa Catarina
  • Jane Lucia Santos Universidade Federal de Santa Catarina
  • Andrea Valéria Steil Universidade Federal de Santa Catarina.
Palavras-chave: Desaprendizagem organizacional, Bibliometria, Aprendizagem

Resumo

A desaprendizagem organizacional tem sido compreendida como o descarte intencional de rotinas e relacionada a novos aprendizados de pessoas, grupos e organizações. Este artigo apresenta um mapeamento e análise das publicações científicas sobre desaprendizagem organizacional em nível nacional e internacional. Os resultados da análise bibliométrica demonstram que no Brasil, até julho de 2012, o tema não tem sido objeto de estudo dos trabalhos publicados nos 17 periódicos investigados. No âmbito internacional, foram localizados 101 trabalhos sobre o tema. Esses trabalhos estão indexados a 79 periódicos e foram escritos por 161 autores vinculados a 98 instituições de 31 países. A partir dos 101 trabalhos, foram identificados e analisados 32 artigos que apontam a desaprendizagem como um processo dinâmico e complexo, associando-o com mudança, memória e esquecimento organizacional e também com o conhecimento organizacional.

Biografia do Autor

Cristiane Raquel Woszezenki, Instituto Federal de Santa Catarina
Mestre em Ciência da Computação pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). Professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).
Fabiana Besen, Instituto Federal de Santa Catarina
Mestre em Administração pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora do Ensino Básico, Técnico e Tecnológico do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC).
Jane Lucia Santos, Universidade Federal de Santa Catarina
Doutora em Engenharia e Gestão do Conhecimento pela Universidade Federal de Santa Catarina(UFSC). Pesquisadora do Grupo de Pesquisa KLOM – Knowledge, Learning and Organizational Memory na Universidade Federal de Santa Catarina.
Andrea Valéria Steil, Universidade Federal de Santa Catarina.
Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Professora adjunta II na Universidade Federal de Santa Catarina.
Publicado
2013-08-19
Seção
Relatos de Pesquisa | Research Articles