CONHECIMENTO TÁCITO EM ORGANIZAÇÕES: ESTUDO DE CASO NO SETOR METALÚRGICO

  • Eliane Salete Filippim Mestrado Profissional em Administração Unoesc
  • Adriana Antunes de Lima Unoesc e IFC
Palavras-chave: Gestão de Competências. Gestão do conhecimento. Conhecimento tácito. Setor metalúrgico.

Resumo

A gestão por competências é um tema cada vez mais discutido, tanto no meio acadêmico quanto empresarial. É nas organizações de trabalho que os indivíduos passam a maior parte de seu tempo, e nelas também que acabam recebendo e transmitindo conhecimento, estando envolvidos num processo contínuo de ensino-aprendizagem. Este artigo trata de um estudo de caso, com abordagem qualitativa, realizado mediante entrevistas com profissionais do setor metalúrgico, formadores e selecionadores de mão de obra. Utilizou-se de entrevistas semi-estruturadas, de análise de documentos e também de observação. Com base nas informações coletadas com os profissionais, concluiu-se que a principal forma de transmissão de conhecimento, na percepção deles, ocorre por meio de conversas e observações informais. A principal contribuição deste estudo reside na reflexão acerca do papel do conhecimento tácito nas organizações, muitas vezes relegado a um plano inferior ao do saber teórico.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eliane Salete Filippim, Mestrado Profissional em Administração Unoesc
Pesquisadora e professora do Mestrado Profissional em Administração da Unoesc.
Adriana Antunes de Lima, Unoesc e IFC
Graduada em Administração pela Unoesc; servidora pública federal do Instituto federal Catarinense (IFC).
Publicado
2014-06-25
Como Citar
Filippim, E. S., & Lima, A. A. de. (2014). CONHECIMENTO TÁCITO EM ORGANIZAÇÕES: ESTUDO DE CASO NO SETOR METALÚRGICO. Perspectivas Em Gestão & Conhecimento, 4(1), 80-97. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/16671
Seção
Relatos de Pesquisa | Research Articles