GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS RESPOSTAS A DESASTRES NATURAIS: A EXPERIÊNCIA DA DEFESA CIVIL DO ESTADO DE SANTA CATARINA

  • Daniel Cardoso UFSC/Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ciência da Informação
  • Gabriel Sant'Ana Palma Santos Universidade Federal da Santa Catarina/Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento
  • Mauricio Seiji Cesar Rezende Universidade Federal da Santa Catarina/Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento
  • Janine da Silva Alves Bello Universidade Federal da Santa Catarina/Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento
  • Ana Maria Bencciveni Franzoni Universidade Federal da Santa Catarina/Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento
Palavras-chave: Gestão do conhecimento, tecnologia da informação e comunicação, fluxo de conhecimento, desastres naturais, defesa civil.

Resumo

O presente trabalho tem como objetivo apresentar a importância da gestão do conhecimento nas ações de resposta a desastres naturais, uma vez que tais situações normalmente se caracterizam pela necessidade da adoção de medidas emergenciais, ao passo que o acesso a dados ou informações para a tomada de decisões torna-se difícil ou mais restrito. Utiliza-se como metodologia a pesquisa de campo, exploratória, qualitativa, baseada na análise documental e em entrevista não estruturada com representante da Defesa Civil do Estado de Santa Catarina como técnica de levantamento de dados. Como resultado, tem-se que a gestão do conhecimento é fundamental para garantir o fluxo adequado de conhecimento entre os grupos envolvidos em um desastre natural, de forma a aumentar a eficiência das ações voltadas a apoiar as possíveis vítimas ou minimizar os eventuais impactos naturais. Em suma, verifica-se a relevância de uma adequada preparação e planejamento das autoridades envolvidas em situações de emergência para uma efetiva ação de resposta, e para isso, faz-se necessário prever alternativas e métodos para o acesso a dados e trocas de informações que sejam eficientes para a mitigação dos riscos e controle das consequências geradas pelo desastre.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Cardoso, UFSC/Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ciência da Informação
Mestrando, Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal de Santa Catarina, Universidade Federal da Santa Catarina, Brasil
Gabriel Sant'Ana Palma Santos, Universidade Federal da Santa Catarina/Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento
Doutorando, Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Universidade Federal da Santa Catarina, Brasil
Mauricio Seiji Cesar Rezende, Universidade Federal da Santa Catarina/Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento
Doutorando em Engenharia e Gestão do Conhecimento, Universidade Federal da Santa Catarina
Janine da Silva Alves Bello, Universidade Federal da Santa Catarina/Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento
Doutoranda, Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento; Gestão do Conhecimento, Universidade Federal da Santa Catarina, Brasil
Ana Maria Bencciveni Franzoni, Universidade Federal da Santa Catarina/Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento
Doutora em Engenharia Civil, Professora do Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento Universidade Federal de Santa Catarina
Publicado
2014-12-22
Como Citar
Cardoso, D., Santos, G. S. P., Rezende, M. S. C., Bello, J. da S. A., & Franzoni, A. M. B. (2014). GESTÃO DO CONHECIMENTO NAS RESPOSTAS A DESASTRES NATURAIS: A EXPERIÊNCIA DA DEFESA CIVIL DO ESTADO DE SANTA CATARINA. Perspectivas Em Gestão & Conhecimento, 4(2), 90-106. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/16913
Seção
Relatos de Pesquisa | Research Articles