UMA NOVA DANÇA DAS CADEIRAS: COMO A FORMALIDADE E INFORMALIDADE DA REDE MUDAM A POSIÇÃO DOS ATORES CENTRAIS EM REDES INTRAORGANIZACIONAIS

  • Luis Miguel Zanin Universidade Nove de Julho
  • Leandro Januário de Souza Universidade Nove de Julho
  • Luiz Antônio de Camargo Guerrazzi Universidade Nove de Julho, Brasil.
  • Julio Araújo Carneiro da Cunha Universidade Nove de Julho
  • Renato Ribeiro Nogueira Ferraz Universidade Nove de Julho, Brasil.
  • Vânia Maria Jorge Nassif Universidade Nove de Julho
Palavras-chave: Redes intraorganizacionais. Centros e periferias de redes. Redes Formais. Redes Informais.

Resumo

Neste trabalho buscamos identificar como formalidade e informalidade da rede muda a posição dos atores centrais em uma rede intraorganizacional. Formalidade em nosso estudo abrange desde a necessidade de aprovações formais entre os membros da gerência e direção da empresa às comunicações relativas ao trabalho entre todos os colaboradores da organização. Realizamos a pesquisa empírica em um grupo do setor de treinamento e desenvolvimento de pessoas, este grupo tem mais de 50 anos e 106 colaboradores. Além disso, possui escritórios em São Paulo, Brasília, Porto Alegre e Rio de Janeiro. Com base em questionários aplicados construímos quatro redes da empresa estudada. Ao analisar estas redes percebemos que os atores centrais mudavam conforme o grau de formalidade da rede, embora isto não acontecesse de forma tão sensível em relação ao seu formato e os atores periféricos. Deste modo, nosso trabalho contribuiu para a teoria ao mostrar as possibilidades que se abrem aos gestores ao analisar as redes informais e, por outro lado, permite que os funcionários que ocupam as posições mais rasas na hierarquia da empresa ganhem espaço ao ocupar o centro da rede informal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luis Miguel Zanin, Universidade Nove de Julho
Mestrando em Administração pela Universidade Nove de Julho, Brasil.
Leandro Januário de Souza, Universidade Nove de Julho
Doutorando em Administração pela Universidade Nove de Julho, Brasil.
Luiz Antônio de Camargo Guerrazzi, Universidade Nove de Julho, Brasil.
Doutorando em Administração pela Universidade Nove de Julho, Brasil.
Julio Araújo Carneiro da Cunha, Universidade Nove de Julho
Doutor em Administração de Empresas pela Universidade de São Paulo, Brasil. Professor da Universidade Nove de Julho, Brasil.
Renato Ribeiro Nogueira Ferraz, Universidade Nove de Julho, Brasil.
Doutor em Ciências pela Universidade Federal de São Paulo, Brasil. Professor da Universidade Nove de Julho, Brasil.
Vânia Maria Jorge Nassif, Universidade Nove de Julho
Doutora em Administração de Empresas pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, Brasil. Professora da Universidade Nove de Julho, Brasil.
Publicado
2015-10-16
Como Citar
Zanin, L. M., Souza, L. J. de, Guerrazzi, L. A. de C., Cunha, J. A. C. da, Ferraz, R. R. N., & Nassif, V. M. J. (2015). UMA NOVA DANÇA DAS CADEIRAS: COMO A FORMALIDADE E INFORMALIDADE DA REDE MUDAM A POSIÇÃO DOS ATORES CENTRAIS EM REDES INTRAORGANIZACIONAIS. Perspectivas Em Gestão & Conhecimento, 5(1), 147-162. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/26182
Seção
Relatos de Pesquisa | Research Articles