COMO A WEB DE DADOS PODE APOIAR O PROCESSO DE INTELIGÊNCIA COMPETITIVA

  • Leandro Dal Pizzol Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil
  • José Leomar Todesco Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil.
  • Bernardo P. R. Todesco
Palavras-chave: Inteligência Competitiva. Engenharia do Conhecimento. Linked Data. Web of Data.

Resumo

A maioria da informação necessária em um processo de Inteligência Competitiva (IC) pode ser obtida de fontes abertas. Contudo, a falta de semântica dessas fontes restringe a tarefa de recuperação de informação, fazendo da captura de conhecimento uma atividade particularmente difícil. A Web of Data (WoD) avança nesse sentido possibilitando um espaço global de dados com conexões entre as fontes e mecanismos padrão para acessar e processar os dados. Assim, este trabalho propõe alinhar o processo de IC à Web of Data. Para tanto, é proposto um modelo para identificação, seleção e classificação da informação baseado em setores econômicos que facilita a recuperação e uso dos dados na etapa de coleta do ciclo de IC. Espera-se com isso que organizações possam explorar novas fontes de conhecimento, minimize esforços de coleta de informação, e consequentemente, de análise. A verificação do modelo se deu pela sua aplicação no setor de Eletricidade e Gás, pela identificação dos requisitos de IC e pela coleta dos dados pertencentes ao setor escolhido.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Dal Pizzol, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil
Departamento de Engenharia e Gestão do Conhecimento. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil.
José Leomar Todesco, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil.
Departamento de Engenharia e Gestão do Conhecimento. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil.
Bernardo P. R. Todesco
Departamento de Engenharia e Gestão do Conhecimento. Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil.
Publicado
2016-01-26
Como Citar
Pizzol, L. D., Todesco, J. L., & Todesco, B. P. R. (2016). COMO A WEB DE DADOS PODE APOIAR O PROCESSO DE INTELIGÊNCIA COMPETITIVA. Perspectivas Em Gestão & Conhecimento, 6(1), 87-102. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/27384