GESTÃO DA INFORMAÇÃO, FLUXOS INFORMACIONAIS E MEMÓRIA ORGANIZACIONAL COMO ELEMENTOS DA INTELIGÊNCIA COMPETITIVA

  • Vinícius Santarém Universidade Estadual Paulista (Unesp).
  • Márcia Cristina de Carvalho Pazin Vitoriano Universidade Estadual Paulista (Unesp).
Palavras-chave: Inteligência Competitiva. Fluxos Informacionais. Gestão da Informação. Gestão do Conhecimento. Memória Organizacional.

Resumo

A inteligência competitiva tem sido reconhecida como uma ferramenta de gestão estratégica e um campo em rápido crescimento e tem-se tornado uma importante técnica para alcançar a vantagem competitiva nas organizações. A discussão sobre quais elementos contribuem para a sua construção vem ampliar a compreensão dos gestores sobre os mecanismos que possibilitam a efetiva aplicação da inteligência competitiva nos diversos ambientes organizacionais. O objetivo deste trabalho é apresentar uma análise sobre o conceito de inteligência competitiva e sua aplicação no contexto brasileiro, de modo a estabelecer a relação existente entre a gestão da informação, a gestão do conhecimento e a construção da memória organizacional como mecanismos que contribuam significativamente para a inteligência competitiva e a tomada de decisão no ambiente organizacional. Constitui-se numa pesquisa qualitativa, de caráter exploratório, utilizando como procedimento metodológico a pesquisa bibliográfica para coleta de dados sobre os temas abordados: inteligência competitiva, gestão da Informação e do conhecimento, fluxos informacionais e memória organizacional. A partir da análise dos conceitos e das relações estabelecidas entre eles, conclui-se que a inteligência competitiva deve ser capaz não apenas de obter informações, mas também de analisá-las e avaliar corretamente quais as que são relevantes para as decisões estratégicas da organização. A etapa de construção de conhecimento baseada na gestão dos fluxos informacionais e do conhecimento pregresso construídos pela organização pode ser o diferencial efetivo no processo de tomada de decisão inteligente.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinícius Santarém, Universidade Estadual Paulista (Unesp).
Mestrando do Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação. Universidade Estadual Paulista (Unesp), Brasil.
Márcia Cristina de Carvalho Pazin Vitoriano, Universidade Estadual Paulista (Unesp).
Doutora em História. Professora da Universidade Estadual Paulista (Unesp), Brasil.
Publicado
2016-01-26
Como Citar
Santarém, V., & Vitoriano, M. C. de C. P. (2016). GESTÃO DA INFORMAÇÃO, FLUXOS INFORMACIONAIS E MEMÓRIA ORGANIZACIONAL COMO ELEMENTOS DA INTELIGÊNCIA COMPETITIVA. Perspectivas Em Gestão & Conhecimento, 6(1), 158-170. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/27387