AS COMPETÊNCIAS GERENCIAIS E O JUDICIÁRIO: UM ESTUDO DE CASO NO SERTÃO PERNAMBUCANO E BAIANO

  • Fernanda Roda Cassundé Universidade Federal do Vale do São Francisco
  • Milka Alves Correia Barbosa Universidade Federal de Alagoas
  • Francisco Georgi Souza Universidade Federal do Vale do São Francisco
Palavras-chave: Gestão baseada em competências, competências gerenciais, gestão pública, Judiciário.

Resumo

Este estudo tem como objetivo, com base na auto-avaliação de gestores de unidades judiciárias, identificar as competências gerenciais mais importantes neste campo específico de trabalho bem como o domínio desses gestores em relação às competências apresentadas. Para tanto, visita-se a literatura especializada sobre competências a partir das obras de Fleury e Fleury (2001), Zarifian (2001), Le Boterf (2003; 2008) e Ruas (2005). Utilizando-se de procedimentos descritivos transversais, gestores de 34 unidades judiciárias localizadas no sertão pernambucano baiano participaram do estudo. A coleta de dados foi realizada através de meio eletrônico e a taxa de retorno dos questionários foi de 88,23%. Os resultados permitem identificar a existência de um gap de competências, já que embora os gestores julguem ter domínio das seguintes competências: iniciativa, comprometimento e responsabilidade social, carecem da habilidade em compartilhar conhecimentos e trabalhar em equipe. auxiliar na formatação de futuras seleções, agilizar ações de recrutamento e seleção interna e otimizar os processos de lotação e de movimentação de pessoal.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernanda Roda Cassundé, Universidade Federal do Vale do São Francisco
Doutora em Administração pela UFPE, Mestre e Graduada em Administração pela mesma instituição, atua nas áreas de Administração Geral, Gestão de Pessoas e Ensino e Pesquisa em Administração. Professora vinculada ao Colegiado de Administração da Univasf.
Milka Alves Correia Barbosa, Universidade Federal de Alagoas
Doutora e Mestre em Administração pelo PROPAD/UFPE, graduação em ADMINISTRAÇÃO pela Universidade Federal de Alagoas (1994). Atualmente é docente da Universidade Federal de Alagoas (UFAL). Tem experiência na área de Administração, atuando principalmente nos seguintes temas: gestão organizacional, análise organizacional, comportamento organizacional, competências gerenciais em IES, gestão de IES, gestão de pessoas, gestão em instituições de saúde. Interesses de pesquisa: competências gerenciais, gestão pública, gestão de IES, gestão da saúde.
Francisco Georgi Souza, Universidade Federal do Vale do São Francisco
Especialista em Gestão Pública da Universidade Federal do Vale do São Francisco
Publicado
2017-12-22
Como Citar
Cassundé, F. R., Barbosa, M. A. C., & Souza, F. G. (2017). AS COMPETÊNCIAS GERENCIAIS E O JUDICIÁRIO: UM ESTUDO DE CASO NO SERTÃO PERNAMBUCANO E BAIANO. Perspectivas Em Gestão & Conhecimento, 7(2), 4-22. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/28374
Seção
Relatos de Pesquisa | Research Articles