A GESTÃO DO CONHECIMENTO COMO SUPORTE AO PROCESSO ESTRATÉGICO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL: UM ESTUDO COMPARATIVO DE CASOS NO BRASIL E EM PORTUGAL

  • Tiago Henrique de Souza Echternacht Universidade Federal da Paraíba Professor Adjunto do DFC CCSA/UFPB
  • Carlos Olavo Quandt Professor Titular, Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Palavras-chave: Gestão do Conhecimento. Gestão do conhecimento no setor público. Administração Pública Municipal.

Resumo

Este artigo identificou o compartilhamento do conhecimento, como recurso estratégico da Gestão do Conhecimento nas organizações municipais da administração pública direta municipal de Curitiba e São Paulo, no Brasil, e nos municípios de Braga, Guimarães e do Porto, na região norte de Portugal. Trata-se de uma pesquisa do tipo qualitativa que contou com a participação total de cinco prefeituras dos dois países nos casos estudados. Por conseguinte, aplicou-se um questionário como instrumento de coleta, que foi subdividido em oito blocos. Das cinco prefeituras pesquisadas no Brasil e Portugal, as três organizações de Portugal tinham uma percepção de que era necessário ter, de alguma forma, a Gestão do Conhecimento, ao passo que, no Brasil, em Curitiba, já fazia parte do planejamento estratégico da organização a Gestão do Conhecimento, e, em São Paulo, tal estratégia não era prioridade. Constatou-se, quanto às práticas de Gestão do Conhecimento, que a prefeitura que tem mais resultado é a do Porto, ao passo que, no Brasil, Curitiba está à frente. Quanto aos obstáculos para a implementação da Gestão do Conhecimento, as cidades que apresentaram maiores dificuldades foram as de Braga e Guimarães, em Portugal, por não ser uma prioridade e pela falta de comprometimento dos diretores; no Brasil, foi São Paulo, pela descontinuidade do processo de implementação da Gestão do Conhecimento. Logo, as prefeituras que mais demonstraram ter práticas de Gestão do Conhecimento e utilizam o processo estratégico das organizações públicas municipais foram a cidade do Porto, em Portugal, e Curitiba, no Brasil.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tiago Henrique de Souza Echternacht, Universidade Federal da Paraíba Professor Adjunto do DFC CCSA/UFPB
Doutorado em Administração pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná - PUC-PR. Mestrado em Ciências Contábeis pela Universidade de Brasília, Graduação em Ciências Contábeis pelo Instituto de Educação Superior da Paraíba. Professor Adjunto do DFC CCSA/UFPB
Carlos Olavo Quandt, Professor Titular, Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Programa de Pós-Graduação em Administração - PPAD e Programa de Pós-Graduação em Gestão de Cooperativas - PPGCOOP Escola de Negócios - Pontifícia Universidade Católica do Paraná Rua Imaculada Conceição, 1155, CEP 80215-901 Curitiba - PR - Brasil +55-41-3271-1476 / 3271-1634
Publicado
2017-03-25
Como Citar
Echternacht, T. H. de S., & Quandt, C. O. (2017). A GESTÃO DO CONHECIMENTO COMO SUPORTE AO PROCESSO ESTRATÉGICO NA ADMINISTRAÇÃO PÚBLICA MUNICIPAL: UM ESTUDO COMPARATIVO DE CASOS NO BRASIL E EM PORTUGAL. Perspectivas Em Gestão & Conhecimento, 7(1), 35-49. https://doi.org/10.21714/2236-417X2017v7n1
Seção
Relatos de Pesquisa | Research Articles