ABORDAGENS DA LIDERANÇA NAS FASES DA GESTÃO DO CONHECIMENTO: UMA ANÁLISE EVOLUTIVA

  • Micheline Guerreiro Krause Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC/Doutoranda
  • Cristiano José Castro de Almeida Cunha Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC/Professor Associado
  • Gertrudes Aparecida Dandolini Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC/Professora Titular
Palavras-chave: Gestão do Conhecimento, Abordagens da Liderança, Cultura Organizacional, Revisão Narrativa.

Resumo

A liderança é um dos pilares da gestão do conhecimento, sendo ao mesmo tempo produtora e produto da cultura organizacional. O objetivo deste estudo é estabelecer relações entre a evolução das abordagens da liderança com as fases históricas da gestão do conhecimento (GC), considerando a alteração gradativa da cultura organizacional. O procedimento metodológico foi o de revisão narrativa da literatura, com coleta não sistemática dos dados em fontes físicas e em bases indexadoras digitais. As análises foram conduzidas pela questão de pesquisa proposta. Os resultados revelam alinhamento entre as abordagens de liderança e as fases de gestão do conhecimento. Na fase de GC caracterizada como da comunicação, a principal abordagem de liderança evidenciava a espetacularização dos líderes, com exploração de estereótipos, imagem e traços dos grandes homens. Na fase de informatização, as abordagens de liderança evoluíram para o enfoque nas habilidades, nos comportamentos, nos estilos, na definição de caminho-objetivo, contingências, treinamentos, orientação para as tarefas, relacionamentos e participação na vida organizacional. Na fase da virtualização, que preconizava a necessidade de significativas mudanças culturais, as abordagens evidenciavam a liderança transformacional, a motivação humana, o empoderamento, desenvolvimento dos colaboradores, estabelecimento de trocas e conexões, autoconhecimento e espiritualidade no ambiente de trabalho. Na fase de personalização, as abordagens evidenciavam a liderança complexa, as competências complementares, o processo dinâmico e emergente, o enfoque em comunicação, criatividade, aprendizagem, integração e harmonização das diferentes perspectivas, em um processo de customização da própria liderança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Micheline Guerreiro Krause, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC/Doutoranda
Doutoranda no Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento - PPGEGC, da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC. Membro do Laboratório de Liderança e Gestão Responsável - LGR
Cristiano José Castro de Almeida Cunha, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC/Professor Associado
Doutor em Administração de Empresas pela Rheinisch-Westfalische Technische Hochschule Aachen, Alemanha. Professor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil. Coordenador do Laboratório de Liderança e Gestão Responsável - LGR.
Gertrudes Aparecida Dandolini, Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC/Professora Titular
Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina, Brasil. Professora da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Brasil Coordenadora do Laboratório IGTI.
Publicado
2018-10-31
Como Citar
Krause, M. G., Cunha, C. J. C. de A., & Dandolini, G. A. (2018). ABORDAGENS DA LIDERANÇA NAS FASES DA GESTÃO DO CONHECIMENTO: UMA ANÁLISE EVOLUTIVA. Perspectivas Em Gestão & Conhecimento, 8(Esp.), 39-54. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/pgc/article/view/42243
Seção
Relatos de Pesquisa | Research Articles