LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO: a conduta ética e social sob o olhar das atribuições profissionais do arquivista

Autores

  • Anna Carollyna de Bulhões Moreira Silva UFPB
  • Joana Coeli Ribeiro Garcia UFPB

Palavras-chave:

Arquivista. Lei de Acesso à Informação. Responsabilidade ética e social do Arquivista.

Resumo

A viabilidade de instrumentos e de meios que facilitem a intermediação e a democratização informacional tornou-se uma temática recorrente para quem reflete as atribuições dos profissionais arquivista, intermediador das informações de cunho arquivístico. A vertente da atividade laboral do arquivista condiz diretamente com a informação pública, e os direcionamentos éticos e legais que regem tal esfera. A Lei de Acesso à Informação (LAI) é o aparato legal de destaque nesta pesquisa, devido ao grau de importância nas relações de democratização da informação. Em contra-ponto fez-se um paralelo entre a LAI e os preceitos éticos da profissão do arquivista: o Código de Ética para Arquivistas do Conselho Internacional de Arquivos (CIA) e os Princípios Éticos do Arquivista da Associação dos Arquivistas Brasileiros. A pesquisa objetiva compreender as atribuições do profissional arquivista na perspectiva da responsabilidade ética e social anteriores e após a publicação da LAI. Metodologicamente caracteriza-se como exploratória por que explora múltiplas fontes de informações que respaldam a fundamentação teórica. E bibliográfica, porquanto explica o problema por meio de teorias publicadas em livros, artigos, anais de eventos, dentre outros, originários do código e dos princípios deontológicos, que fundamentam a análise e o aprofundamento da problemática central da pesquisa. Constatam-se inúmeras mudanças na realidade laboral do profissional arquivista, desde questões básicas profissionais, como as correlacionadas ao campo direto de atuação. Através da análise dos resultados apresentam-se novas atribuições do profissional arquivista, advindos das demandas da LAI e sugere-se uma reavaliação dos aparatos legais arquivísticos, adequando-os às novas demandas da LAI. 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Anna Carollyna de Bulhões Moreira Silva, UFPB

Mestre em Ciência da Informação pela UFPB. Especialista em Gestão Pública pela UEPB. Graduada em Arquivologia.

Joana Coeli Ribeiro Garcia, UFPB

Doutora em Ciência da Informação pela UFRJ. Docente do Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação – UFPB.

Referências

ALMEIDA JUNIOR, O. F. Formação, formatação: profissionais da informação produzidos em série. IN: VALENTIM, M. L. P. (Org.) Formação do profissional da Informação. São Paulo: Polis, 2002.

BATISTA, C. L. Informação pública: entre o acesso e a apropriação social. 2010. 202f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) - Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2010.

BRASIL. Constituição (1988). Constituição da República Federativa do Brasil de 1988. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicaocompilado.htm>. Acesso em: 20 mar. 2015.

________. Lei Nº 12.527, de 18 de novembro de 2011. Regula o acesso a informações previsto no inciso XXXIII do art. 5o, no inciso II do § 3o do art. 37 e no § 2o do art. 216 da Constituição Federal; altera a Lei no 8.112, de 11 de dezembro de 1990; revoga a Lei no 11.111, de 5 de maio de 2005, e dispositivos da Lei no 8.159, de 8 de janeiro de 1991; e dá outras providências. Diário Oficial da União, Brasília, DF. Disponível em: < http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/_ato2011-2014/2011/lei/l12527.htm>. Acesso em: 19 mar. 2015.

CONTROLADORIA GERAL DA UNIÃO. Manual da Lei de Acesso à Informação para estados e municípios. Brasília: CGU, 2013.

CONSELHO INTERNACIONAL DE ARQUIVO. Código de Ética para arquivistas. 1996. Disponível em: < http://www.aaerj.org.br/a-profissao/codigo-de-etica/>. Acesso em: 06 dez. 2016.

DU MONT, R. R. Ethics in librarianship: a management model. Library Trends, p. 201-215, Fall 1991.

FACHIN, J. Acesso à informação pública nos arquivos públicos estaduais. 2014. 164f. Dissertação (Mestrado em Ciência da Informação) – Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, SC, 2014. Disponível em: <http://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/129179/328379.pdf?sequence=1>. Acesso em: 23 mar. 2015

FREIXO, A. L.; SILVA, R. R. G. Gestão documental e acesso aos conteúdos informacionais: a (des) organização estrutural dos serviços de arquivo na Administração Estadual da Bahia. 2005. Disponível em: < http://www.twiki.ufba.br/twiki/pub/Cridi/Publica%E7%F5es/AuroraFreixo.pdf>. Acesso em: 03 abr. 2015.

GARCIA, J. C. R. Responsabilidade social com a ciência. DataGramaZero: revista de ciência da informação ¬ v. 8 n. 2, abr. 2007. Disponível: <http://dgz.org.br/abr07/F_I_aut.htm>. Acesso em: 19 maio 2015.

GUIMARÃES, J. A. C., et al. Aspectos éticos da organização da informação: abordagens teóricas acerca da questão dos valores. In: GOMES, H. F.; BOTTENTUIT, A. M.; OLIVEIRA, M. O. E. (Orgs.). A ética na sociedade, na área da informação e da atuação profissional: o olhar da Filosofia, Sociologia, da Ciência da Informação e da formação e do exercício profissional do bibliotecário no Brasil. Brasília, DF: Conselho Federal de Biblioteconomia, 2009.

INDOLFO, A. C. Dimensões político-arquivisticas da avaliação de documentos na Administração pública Federal (2004-2012). Rio de Janeiro: UFRJ, 2013, 312f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) – Programa de Pós-graduação em Ciência da Informação, Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Universidade Federal do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, 2013.

JARDIM, J. M. A implantação da Lei de Acesso à Informação pública e à gestão da informação arquivística governamental. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, v. 9, n. 2, p. 382-405, 2013. Disponível em: < http://revista.ibict.br/liinc/index.php/liinc/article/view/639>. Acesso em: 21 mar. 2015.

LIMA, M. H. T. F.; COSTA, U. C. Efeitos da Lei de Acesso à Informação: empregabilidade de arquivistas no setor público federal. Archeion Online, João Pessoa, v. 2, n. 2, p.106-126, jul./dez. 2014. Disponível em: <http://periodicos.ufpb.br/ojs/index.php/archeion/article/view/22793>. Acesso em: 19 mar. 2015.

MOREIRA, A. C. B. et al. Integração cultural para a juventude: o arquivo como ferramenta de acesso à informação e ação educativa. In: INTERCON CONGRESSO DE CIÊNCIAS DA COMUNICAÇÃO NA REGIÃO NORDESTE 7., 2010. Campina Grande – PB; 2010. Anais... Campina Grande, 2010.

MORIN, E. O método 6: ética. Tradução: Juremir Machado da Silva. 3. ed. Porto Alegre: Sulina, 2007.

PANISSET, B. A conduta ética do arquivista: perspectivas advindas do cenário contemporâneo. Rio de Janeiro: UNIRIO, 2015, 121f. Dissertação (Mestrado em Gestão de Documentos e Arquivos) - Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, 2015.

REGO, L. M. et al. Aspectos éticos na organização do conhecimento na prática profissional arquivística: um estudo dos princípios de ética da AAB, CIA e SAA. Scire. v. 20, n. 2, p. 37-42, jul./dic. 2014. Disponível em: < http://www.ibersid.eu/ojs/index.php/scire/article/viewFile/4149/3773>. Acesso em: 25 maio 2015.

ROCHA, I. M. M.; KONRAD, G. V. R. A conduta do arquivista frente à Lei de Acesso à Informação. Informação arquivística, Rio de Janeiro, v. 2, n. 2, p. 103-123, jul./dez., 2013. Disponível em: < http://www.aaerj.org.br/ojs/index.php/informacaoarquivistica/article/view/47>. Acesso em: 20 mar. 2015.

SCHELLENBERG, T. R. Arquivos modernos: princípios e técnicas. Tradução: Nilza Teixeira Soares. 6. ed. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2006.

SILVA, D. V. Lei de Acesso à Informação e gestão documental: o estado da arte das pesquisas no Portal de Periódicos da CAPES. João Pessoa: UEPB, 2015, 50f. Monografia (Especialização em Gestão Pública) – Universidade Estadual da Paraíba, João Pessoa, 2015.

TAKAHASHI, T. Sociedade da informação no Brasil: livro verde. Brasília: Ministério da Ciência e Tecnologia, 2000.

Downloads

Publicado

2016-12-31

Como Citar

SILVA, A. C. de B. M.; GARCIA, J. C. R. LEI DE ACESSO À INFORMAÇÃO: a conduta ética e social sob o olhar das atribuições profissionais do arquivista. Archeion Online, [S. l.], v. 4, n. 2, p. 03–24, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/archeion/article/view/32305. Acesso em: 30 jul. 2021.

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)