A redefinição do perfil político da Europa de estatal-social para econômico-liberal: uma análise crítica a partir de Jürgen Habermas

  • Jorge Adriano Lubenow Universidade Federal da Paraíba
Palavras-chave: Jürgen Habermas, Democracia transnacional, União Europeia, Europa-mercado

Resumo

O artigo trata da análise crítica de Jürgen Habermas da redefinição do papel político da Europa, mais voltada para a justiça social e a solidariedade, para um viés predominantemente econômico, de versão mais econômico-liberal, mais próxima da produtividade e da concorrência. A mudança política da integração europeia busca reforçar o pilar econômico da união monetária pela implementação de programas de ajustamento econômico do FMI. A consequência da opção da União Europeia por uma Europa-mercado de formato neoliberal é o desmonte do Estado social (mais voltado para justiça social) e a corrosão do elemento democrático das democracias nacionais (o esvaziamento da democracia). A consequência política dessa opção pelo neoliberalismo é a centralização supranacional de competências reguladoras para agências e organismos transnacionais europeus (Banco Central Europeu, Comissão Europeia, Tribunal Europeu, Parlamento Europeu), que lidam com acordos, contratos e tratados internacionais que deveriam funcionar como equivalentes de uma regulação política. O problema é a aprovação, a portas fechadas, de medidas que visam o controle da política econômica em detrimento da coordenação política. Isso implica a imposição de resoluções em áreas centrais de responsabilidade dos parlamentos dos Estados membros, potencializando nos Estados nacionais os problemas de legitimação necessária para implementar as políticas recomendadas de cima, explicitando a falha na construção da união monetária pela ausência dos instrumentos de uma política econômica comum.

Biografia do Autor

Jorge Adriano Lubenow, Universidade Federal da Paraíba
Pós-Doutorado em Filosofia. Professor de Filosofia do Departao de Fundamentos da Educação - DFE, e do Programa de Pós-graduação da Universidade Federal da Paraíba - UFPB

Referências

HABERMAS, Jürgen. Die postnationale Konstellation. Frankfurt: Suhrkamp, 1998.

________. Zeit der Übergänge. Frankfurt: Suhrkamp, 2001.

________. Der gespaltene Westen. Frankfurt: Suhrkamp, 2004.

________. Ach Europa. Frankfurt: Suhrkamp, 2008.

________. Zur Verfassung Europas: Ein Essay. Berlin: Suhrkamp, 2011. (4.ed., 2014).

________. Im Sog der Technokratie. Berlin: Suhrkamp, 2013.

Publicado
2016-10-07
Como Citar
Lubenow, J. A. (2016). A redefinição do perfil político da Europa de estatal-social para econômico-liberal: uma análise crítica a partir de Jürgen Habermas. Aufklärung: Revista De Filosofia, 3(2), p.83-100. https://doi.org/10.18012/arf.2016.30972