Foco e Escopo

O  Foco de nossa revista é publicar artigos científicos em português, inglês e espanhol bem estruturados e fundamentados, que possam contribuir de forma relevante para as práticas e divulgação dos instrumentos de metais em suas diversas sub-áreas, incluindo as interfaces entre si e suas interdisciplinaridades

a) Área de concentração, com a maior especificidade possível:

Dimensões das práticas musicais nos instrumentos contidos na familia dos metais (i.e. Trompete, Trompa, Trombone, Tuba e Eufônio)  

b) público-alvo: Trompetistas, Trompistas,Trombonistas, Tubistas e Eufonistas

c) Formas de apresentação dos trabalhos (artigos, resenhas e entrevistas);

 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os artigos submetidos para publicação no The Brazilian Trombone Association Journal serão avaliados no sistema duplo cego por dois pareceristas de região/instituição diferentes daquela(s) do(s) autor(es).

É considerado aprovado o artigo aprovado por dois pareceristas. No caso de conflito entre os avaliadores, o Editor Chefe poderá intervir e enviar o artigo a um terceiro parecerista.



Periodicidade

semestral

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

The Brazilian Trombone Association Journal

Pesquisa sobre pedagogia, história, saúde, tecnologia, manutenção e aspectos musicológicos relacionados aos instrumentos da familia dos instrumentos de metais 

 

Histórico do periódico

Criada no dia dez de outubro de 1995, a Associação Brasileira de Trombonistas (ABT) tem o prazer de apresentar a nossa Revista Científica da Associação Brasileira de Trombonistas. Divulgada no âmbito internacional como The Brazilian Trombone Association Journal, a publicacação é uma conquista dos trombonistas brasileiros.

A ideia de uma publicação especializada destinada a professores e estudantes teve o seu embrião com a edição dos Boletim intitulado Boca no Trombone no ano de 1999, incluindo artigos no seu conteúdo em 2005 e 2006. Tal iniciativa já demonstrava a necessidade de uma publicação científica. No Festival de 1999 houve também uma mesa redonda cujos temas eram: Ansiedade de performance e problemas ortopédicos em trombonistas. A mesa foi formada por Dorotéia Starling (médica) e pelo médico e trombonista Sérgio Rocha, integrante de nosso corpo de editores.

Outro fato de destaque foi à criação do I Simposio Científico da ABT realizado durante o XVIII Encontro da ABT em Tatuí-SP, no ano de 2012. Já na sua sexta edição em 2017, o Simpósio têm incentivado professores e pesquisadores de trombone a compartilhar o conhecimento em diferentes áreas relacionadas ao trombone: performance, história, repertório, pedagogia e saúde.

A Revista tem como objetivo divulgar pesquisas e relatos de experiência de músicos brasileiros e estrangeiros e poderá incluir em seus números traduções de artigos e entrevistas que terão o intuito de conectar o mundo acadêmico com a prática trombonistica nos diferentes pontos do país. Criada no formato online a Revista terá duas edições anuais com a média de doze artigos por publicação.

Os artigos públicados nas três primeiras edições da Revista foram selecionados entre os trabalhos apresentados nos Simpósios Científicos realizados entre os anos de 2012 e 2017. A partir de 2018 a Revista receberá submissões durante todo ano e contará também com novos colaboradores brasileiros e estrangeiros. O acesso a nossa Revista poderá ser feito via o site da ABT

A Partir do ano de 2020 a revista passará a aceitar submissões para pesquisadores oriundos de todos os instrumentos de metais (i.e. Trompete, Trompa, Tuba e Eufônio) 

(www.abt.mus.br) e no portal de periódicos da UFPB gentilmente cedeu este esforço neste momento tão especial da nossa associação