As espacialidades através dos efeitos de câmera alta e imagens documentais no cinema de Cláudio Assis

Autores

  • Igor Araújo Porto PPGC/UFPB
  • João Fabrício Flores da Cunha
  • Alexandre Rocha da Silva

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-5930.2017v10n2.37672

Resumo

O presente artigo investiga como são construídos imageticamente os espaços nos três primeiros longas-metragens do diretor pernambucano Cláudio Assis – Amarelo Manga (2003), Baixio das Bestas (2006) e Febre do Rato (2012) – através dos recursos da câmera alta e das imagens documentais. A câmera alta é entendida como enquadramento de cima para baixo que dá a ver as estruturas do cenário e, pelo que chamamos de imagens documentais, aquelas em que se faz o uso de não atores e com o uso de granulação nas tomadas. As análises dos filmes têm base no conceito de espacialidades, desenvolvida a partir da Semiótica da Cultura por Lucrécia Ferrara (2008a), e na distinção entre visualidades e visibilidades, feitas pela mesma autora. Procura-se entender, então, de que maneira o uso de câmera alta e imagens documentais ajudam a compor as visualidades e visibilidades dos espaços dentro da filmografia de Cláudio Assis. Palavras-chave: Espacialidades. Cinema. Cláudio Assis. Audiovisual.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Igor Araújo Porto, PPGC/UFPB

Marcos Antonio Nicolau possui graduação em Comunicação Social (jornalismo) pela Universidade Federal da Paraíba (1988), especialização em Metodologia da Comunicação pela UFPB (1989), mestrado em Educação pela UFPB (1996) e doutorado em Letras pela UFPB (2001). Pós-Doutorado em Comunicação na UFRJ. É professor do Departamento de Mídias Digitais e Coordena o Programa de Pós-Graduação em Comunicação da UFPB; ensina e pesquisa os seguintes temas: comunicação e semiótica, jornalismo, radialismo, criatividade, design e criação publicitária, lingüística aplicada ao texto publicitário, história em quadrinhos. Edita a Revista Temática (www.insite.pro.br).

Downloads

Publicado

2017-12-27

Como Citar

PORTO, I. A.; CUNHA, J. F. F. da; SILVA, A. R. da. As espacialidades através dos efeitos de câmera alta e imagens documentais no cinema de Cláudio Assis. Culturas Midiáticas, [S. l.], v. 10, n. 2, 2017. DOI: 10.22478/ufpb.1983-5930.2017v10n2.37672. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/cm/article/view/37672. Acesso em: 6 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos