Gerações femininas em séries televisivas: pontos de contato entre “Gilmore Girls” e “3 Teresas”

Autores

  • Silvia Góis Dantas PPGC/UFPB

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-5930.2017v10n2.37821

Resumo

No contexto dos estudos de televisão, o presente artigo apresenta um paralelo entre duas séries que retratam o cotidiano feminino atravessado pela questão geracional: Gilmore Girls (EUA; Warner Bros., 2000-2007; Netflix, 2016) e 3 Teresas (Brasil; GNT/BossaNovaFilms; 2013-2014). Por meio de uma abordagem qualitativa com foco na construção discursiva, identificamos três principais pontos de contato entre as duas produções: (I) o cotidiano de pessoas comuns como mote; (II) o borramento de fronteiras entre papéis familiares; e (III) o feminismo. Apesar do distanciamento entre as condições de produção e contextos socioculturais, verificamos que as temáticas dos audiovisuais emergem a partir da dinâmica social marcada pela maior convivência intergeracional. Palavras-chave: Séries televisivas. Gerações. Gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2018-01-04

Como Citar

DANTAS, S. G. Gerações femininas em séries televisivas: pontos de contato entre “Gilmore Girls” e “3 Teresas”. Culturas Midiáticas, [S. l.], v. 10, n. 2, 2018. DOI: 10.22478/ufpb.1983-5930.2017v10n2.37821. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/cm/article/view/37821. Acesso em: 6 dez. 2021.

Edição

Seção

Artigos