A LITERATURA INFANTOJUVENIL E A IDENTIDADE ÉTNICA: REPRESENTAÇÕES DO NEGRO EM O CABELO DE LELÊ

  • Maisa Barbosa da Silva Cordeiro
Palavras-chave: Literatura infantojuvenil, Representação do negro, Identidade étnica

Resumo

A literatura infantojuvenil, com a perspectiva de atender à necessidade da construção de uma sociedade multicultural, vem reformulando o modo como são representadas as minorias étnicas. Nesse sentido, este artigo tem por objeto a análise da representação da criança negra na literatura destinada aos leitores mirins. Para tanto, parte da obra O cabelo de Lelê (BELÉM, 2007) e busca auscultar, por meio de um estudo verbo-visual da narrativa, o caminho trilhado pela protagonista para conhecer e afirmar sua identidade. Ao saber que a literatura destinada ao público infantojuvenil é escrita por adultos, este trabalho busca discutir, por meio da referida obra, algumas questões centrais: Por meio de quais discursos a personagem busca afirmar sua identidade étnica? Como os textos verbal e visual representam a personagem negra? De que modo o tipo de representação da obra está em consonância com as exigências da construção de uma sociedade multicultural?
Publicado
2012-02-28
Como Citar
da Silva Cordeiro, M. B. (2012). A LITERATURA INFANTOJUVENIL E A IDENTIDADE ÉTNICA: REPRESENTAÇÕES DO NEGRO EM O CABELO DE LELÊ. DLCV - Língua, Linguística & Literatura, 8(2), 89-98. Recuperado de https://periodicos.ufpb.br/index.php/dclv/article/view/10787
Seção
Artigos