O aparecimento do inseto como instante poético e reflexivo em "Uma esperança", de Clarice Lispector

Autores

  • Fabrício Lemos da Costa Universidade Estadual do Amapá
  • Sílvio Augusto de Oliveira Holanda Universidade Federal do Pará

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2237-0900.2020v16n2.54827

Resumo

O presente estudo tem objetivo de analisar o aparecimento de um inseto como motivo poético e reflexivo em “Uma esperança”, décimo quatorze texto do livro Felicidade Clandestina (1998), de Clarice Lispector (1920-1977). Trata-se de um breve flagrante do pequeno vivente no cotidiano de uma família, transformado em matéria de ficcionalização. Assim, neste trabalho, desenvolveremos uma abordagem que considera o inseto como parte de um projeto literário desta escritora, que vê em miúdos animais uma oportunidade de capturar a “beleza” do instante em simplicidade e subjetividade. Para a nossa interpretação, recorremos aos estudos de Giorgi (2016), Maciel (2016), Nascimento (2012), Mendes (2000) e Santiago (2006).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Sílvio Augusto de Oliveira Holanda, Universidade Federal do Pará

Possui graduação em Letras (Português/Francês) pela Universidade Federal do Pará (1990), mestrado em Letras/Teoria Literária pela Universidade Federal do Pará (1994), doutorado em Letras (Teoria Literária e Literatura Comparada) pela Universidade de São Paulo (2000) e pós-doutorado em Estudos Românicos pela Universidade de Lisboa (2007). Atualmente é professor associado IV da Universidade Federal do Pará, tendo sido coordenador do Programa de Pós-graduação em Letras (2009-2011) da referida instituição. Desde 2001, é membro permanente do corpo docente do Programa de Pós-Graduação em Letras da UFPA. Dirige a Faculdade de Letras (2017-2019) da UFPA. Tem experiência na área de Letras, atuando principalmente nos seguintes temas: Guimarães Rosa, Literatura brasileira, literatura da Amazônia e recepção crítica.

Downloads

Publicado

2020-11-25

Como Citar

Costa, F. L. da, & Holanda, S. A. de O. (2020). O aparecimento do inseto como instante poético e reflexivo em "Uma esperança", de Clarice Lispector. DLCV - Língua, Linguística &Amp; Literatura, 16(2), e020013. https://doi.org/10.22478/ufpb.2237-0900.2020v16n2.54827

Edição

Seção

Dossiê: Clarice & Hilda: da exaustão da palavra à efervescência do desejo