O SISTEMA DE GESTÃO INTEGRADA COMO A PRINCIPAL FERRAMENTA DE ANÁLISE PARA DECISÕES EM NÍVEIS OPERACIONAL, TÁTICO E ESTRATÉGICO

Autores

  • Vinícius Silva Lima Centro Universitário UNA
  • Flávia Braga Chinelato UNIVERSIDADE FUMEC

DOI:

https://doi.org/10.23179/g&a.v6i2.36998

Palavras-chave:

Gestão da Cadeia de Suprimentos. Sistema de Gestão Integrada, Processo Decisório, Logística.

Resumo

Apresenta um estudo acadêmico que aborda os Sistemas de Gestão Integrada (SGI) como a principal ferramenta de análise para decisões em níveis operacional, tático e estratégico. Realizou-se uma pesquisa científica em uma empresa brasileira de grande porte cujo objetivo foi analisar os ganhos e melhorias com a implantação de um SGI nos diferentes níveis organizacionais. Dentro do que concerne ao processo logístico da organização, avaliou-se todos os ganhos e melhorias obtidos a partir da utilização do SGI, bem como as maiores dificuldades de se implantá-lo. Essa pesquisa articula métodos quantitativos e qualitativos para coleta e análise de dados, de modo a reforçar a análise do fenômeno estudado. Os resultados apontam que os ganhos e melhorias com a implantação do SGI são perceptíveis em todos os níveis organizacionais e que as principais dificuldades ao se implantar um SGI são as barreiras referentes aos paradigmas culturais da organização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Vinícius Silva Lima, Centro Universitário UNA

Especialista em Logística pelo Centro Universitário UNA

Flávia Braga Chinelato, UNIVERSIDADE FUMEC

Doutoranda em Administração na Universidade FUMEC.

Referências

ANDREOLI, Gustavo Luís Meffe; DIAS, Cleidson Nogueira. Planejamento e Gestão Logística de Medicamentos em uma Central de Abastecimento Farmacêutico Hospitalar. Rahis, v. 12, n. 4, 2015.

AZEVEDO, Israel Belo de. O prazer da produção cientifica: descubra como é fácil e agradável elaborar trabalhos acadêmicos. São Paulo: Hagnos, 2000.

BOWERSOX, Donald J.; CLOSS, David J.; STANK, Theodore P. How to master cross-enterprise collaboration. Supply Chain Management Review, v. 7, n. 4, p. 18-27, jul./aug. 2003.

BOWERSOX, Donald J.; MENTZER, John T.; SPEH, Thomas W. Logistics leverage. Journal of Business Strategies, v. 25, n. 2, p. 85, 2008.

CAMARGO JUNIOR, João Batista et al. Coopetition as support strategy for supply chain risk management. Iberoamerican Journal of Strategic Management (IJSM), v. 13, n. 2, p. 38-53, 2014.

CARVALHO, R. B.; OLIVERIA, L. G.; JAMIL, G. L. Gestão da informação aplicada à logística: estudo de caso de uma grande agroindústria brasileira. In: ENCONTRO NACIONAL DE PESQUISA EM CIÊNCIA DA INFORMAÇÃO, 8., 2007, Salvador. Anais... Salvador: ANCIB, 2007.

COOPER, Martha C.; ELLRAM, Lisa M. Characteristics of supply chain management and the implications for purchasing and logistics strategy. The International Journal of Logistics Management, v. 4, n. 2, p. 13-24, 1993.

CORRÊA, Henrrique Luiz. Aspectos a se considerar na seleção e implantação de uma solução ERP para médias empresas. Guideline Gestão Empresarial, Computerworld, v. 27, p. 4-14, 1998.

CRUZ, Carla; RIBEIRO, Uirá; FURBETTA, Nelly. Metodologia científica: teoria e prática. Rio de Janeiro: Axcel Books, 2004.

DANTAS, A. J.; PITASSI, C.; BOUZADA, M. A. C. A Gestão da cadeia de suprimentos na nacionalização de equipamentos para navegação: o papel da Marinha do Brasil. Revista de Administração da Unimep, v. 14, n. 3, p. 28-53, 2016.

FIELDING, Nigel; SCHREIER, Margrit. introduction: on the compatibility between qualitative and quantitative research methods. In: FORUM QUALITATIVE SOZIALFORSCHUNG. Qualitative Social Research. 2001.

FLICK, U. Métodos qualitativos na investigação científica, 2. ed. Lisboa: Monitor, 2005.

GIL, Antonio Carlos. Como elaborar projetos de pesquisa. 4. ed. São Paulo: Atlas, 2002.

GOMES, Mairi Catiane et al. Planejamento estrat]egico na logistica: etapas e estratégias para a implementação. SBI Journal, n. 67, 2017.

GOTO, A. k.; SOUZA, M. T. S.; LIMA JUNIOR, J. H. V. O estresse na área de logística: um estudo na indústria automotiva. In: ENCONTRO DA ASSOCIAÇÃO NACIONAL DE POS-GRADUAÇÃO E PSQUISA EM ADMINISTRAÇÃO, 18., São Paulo. Anais... São Paulo: ANPAD, 2009.

HYPOLITO, Christiane M. Sistemas de gestão Integrada: conceitos e considerações em uma implantação. Escola Federal de Engenharia de Itajubá, 1999.

LIEBER, R. B. Here comes SAP. Fortune, v. 132, Iss. 7, p. 122-124, 1995.

MASCARENHAS, Sidnei A. Metodologia científica. São Paulo: Pearson. 2011.

MATOS, Ana Letícia Toloni et al. A produção acadêmica internacional sobre gestão de riscos na cadeia de suprimentos no período entre 2005 e 2014. Revista de Administração FACES Journal, v. 16, n. 1, 2017.

NGANGA, Camilla Soueneta Nascimento; LEAL, Edvalda Araújo. A Utilidade de um Sistema ERP (Enterprise Resource Planning) no Processo de Gestão de Pequenas Empresas. Revista Contabilidade e Controladoria, v. 7, n. 1, 2015.

PADOVEZE, Clóvis Luís. Estruturação do sistema de informação contábil no ERP. In: ENCONTRO NACIONAL DE ENGENHARIA DE PRODUÇÃO. Florianópolis. Anais... Rio de Janeiro: Associação Brasileira de Engenharia de Produção, 2004.

RESENDE, A. M. Estresse ocupacional: um estudo com gestores de uma empresa mineira de logística de transportes. Revista Administração em Diálogo, v. 19, n. 1, p. 112-137, 2017.

SCARPIN, C. T.; SAKAGUTI, F. Y.; STEINER, M. T. A. Uma proposta de planejamento estratégico para a reposição de produtos nas lojas de uma rede supermercadista. Revista Brasileira de Estratégia, v. 4, n. 2, p. 141-153, 2011.

SEETHAMRAJU, Ravi. Adoption of software as a service (SaaS) enterprise resource planning (ERP) systems in small and medium sized enterprises (SMEs). Information Systems Frontiers, v. 17, n. 3, p. 475-492, 2015.

SOUZA, Dilmara V.; ZIONI, Fabiola. Pesquisa social. v. 12, n. 2, p. 76-85, jul./dez. 2003.

VITORINO FILHO, Valdir Antonio et al. A produção acadêmica internacional em práticas e iniciativas na gestão colaborativa em cadeias de suprimentos: um estudo bibliométrico. Revista Produção Online, v. 17, n. 2, p. 567-591, 2017.

WOOD JUNIOR, T; ZUFFO, P.K. Supply Chain Management. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, v. 38, n. 3, p. 55-63, 1998.

Downloads

Publicado

2018-04-12

Edição

Seção

Relatos de Pesquisa