O FILOSOFAR MAIS PRÓXIMO DA POESIA:

UMA INVESTIGAÇÃO DE ENCONTROS

  • José Carlos da Silva Sales
  • Solange Aparecida de Campos Costa Universidade Estadual do Piauí
Palavras-chave: Filosofia, Poesia, Relação, Pensamento

Resumo

A relação que se pretende desenvolver aqui, repousa em discorrer o vínculo possível entre os campos literário e filosófico, pressupondo uma vizinhança já estabelecida na modernidade entre elas, ou seja, reconhecer que a filosofia não está oclusa em seu domínio, e que, não somente inaugurou tantas outras disciplinas como também, ainda dialoga com elas. Por mais que a filosofia e a poesia nos apontem diferenças há tanto tempo defendidas, veremos que elas podem trabalhar harmoniosamente, e que esse embate dicotômico vem a firmar que, mesmo a poesia sendo mais antiga que a filosofia, não há hierarquia, ambas trabalham dentro das suas próprias características, e que o movimento de diálogo com as demais áreas desencadeará um conhecimento profícuo.

Biografia do Autor

José Carlos da Silva Sales

Graduado em Letras-Inglês pela Universidade Estadual do Piauí (UESPI)

Mestre em Filosofia pela Universidade Federal do Piauí (UFPI)

Solange Aparecida de Campos Costa, Universidade Estadual do Piauí

Doutora em Filosofia pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

Professora de Filosofia da Universidade Estadual do Piauí (UESPI)

Membro permanente do Curso de Pós-Graduação em Filosofia da Universidade Federal do Piauí (PPGFIL-UFPI)

Referências

BLANCHOT, Maurice. O Espaço Literário. Tradução Álvaro Cabral. Rio de Janeiro: Rocco, 2003.
BOCAYUVA, Izabela. Filosofia e Arte na Grécia Antiga. Rio de Janeiro: Hexis, 2011.
BONACCINI, J.A; Sobre a Natura da Filosofia. Metacrítica, Lisboa:vv. III, n.6, 2005.
BORNHEIM, Gerd. Filosofia e Poesia. In: Metafísica e Finitude. São Paulo: Perpectiva, 1986.
CHÂTELET, François. A Filosofia Pagã. Rio de Janeiro: Zahar, 1973.
DELEUZE, Gilles; GUATTARI, Félix. O que é a filosofia? Tradução de Bento Prado Jr. e Alberto Alonso Muñoz. São Paulo: Ed. 34, 2016.
HARTOG, François. Memória de Ulisses: narrativas sobre a fronteira na Grécia antiga. Trad. Jacyntho Lins Brandão. Belo Horizonte: UFMG, 2004.
HEIDEGGER, M. Sobre o Humanismo. Tradução de Ernildo Stein. São Paulo: Abril Cultural, Col. Os pensadores, 1979.
HEIDEGGER, Martin. A caminho da linguagem. Tradução de Márcia de Sá Cavalcante Schuback. Petrópolis: Vozes, 2003.
HEIDEGGER, Martin. A origem da obra de Arte. Trad. Idalina Azevedo da Silva e Manuel Antônio de Castro São Paulo: Edições 70, 2010.
HEIDEGGER, Martin. Introdução à metafísica. Trad. Emmanuel Carneiro Leão, 2ª ed., Rio de Janeiro: Tempo Brasileiro, 2 edições, 1969.
HERÁCLITO. In: ANAXIMANDRO, PARMÊNIDES, HERÁCLITO. Os pensadores originários. Petrópolis: Vozes, 2005.
JAEGER, Werner. Paideia: A formação do homem grego. Rio de Janeiro:Martins Fontes, 2010.
LEÃO, Emmanuel Carneiro. Introdução e Notas. IN: HEIDEGGER, Martin. Introdução à Metafísica. Tempo Brasileiro. 1969.
NUNES, Benedito. Poesia e Filosofia : uma transa. A palo seco :escritos de filosofia e literatura. Vol. 1, n3, Aracaju: 2011.
PFEIFFER, Johannes, La Poesía, Buenos Aires: Fondo de Cultura Económica, 1951.
WERLE, Marco Aurélio. Poesia e pensamento em Hölderlin e Heidegger. São Paulo : UNESP, 2005
Publicado
2019-12-24
Seção
Dossiê especial – EM DEFESA DA FILOSOFIA