Dificuldades do Docente no Processo de Orientação em Trabalhos de Conclusão de Curso: um Estudo em Cursos de Ciências Contábeis em Instituições de Ensino Superior da Grande Recife

  • Alexsandra Guedes da Silva
  • Fabiana Minhaqui Santos Guerra de Morais
  • Ivana Porto Farias
  • Priscilla Milfont de Medeiros
  • João Gabriel Nascimento de Araújo

Resumo

Objetivo: O presente estudo tem como objetivo geral identificar as dificuldades do processo de orientação em TCC’s, sob a percepção dos docentes de Ciências Contábeis de Instituições de Ensino Superior da grande Recife.

Fundamento: O TCC exige do aluno uma maior clareza e entendimento para desenvolver as suas produções científicas, porém alguns desses aspectos podem dificultar a elaboração das pesquisas, e muitas delas podem ser percebidas por parte dos professores que acompanham diretamente a construção do trabalho científico durante o processo de orientação (Medeiros, Rocha, Silva & Danjour, 2015). O docente tem papel chave para auxiliar o estudante a atingir seu objetivo na conclusão de seu trabalho final, coordenando o aluno de maneira que este consiga demonstrar conhecimento tanto da literatura existente sobre o tema escolhido, como na organização sistemática do trabalho (Brizolla, Basso & Soschinski, 2014).

Método: Como instrumento para coleta de dados da pesquisa foi aplicado um questionário a  31 docentes do curso de Ciências Contábeis de instituições de ensino superior de Pernambuco. O questionário foi estruturado em quatro blocos, e contemplou a análise do perfil do docente, o aspecto cognitivo (conhecimento em metodologia), o aspecto operacional (planejamento de pesquisa) e o aspecto relacional (relação aluno-professor). O questionário teve sua consistência interna testada através do Alfa de Cronbach.

Resultados: Sobre as dificuldades encontradas em relação ao aspecto cognitivo, observou-se que a maioria dos docentes apresentou muitas orientações durante os últimos dois semestres. No aspecto operacional a dificuldade que os orientadores possuem é na redação dos seus orientandos nos trabalhos, bem como a falta de assimilar e seguir a metodologia, o cronograma, o conhecimento das normas e as formas como as referências devem ser citadas, a lógica que deve seguir, a maneira como os resultados devem ser apresentados, por fim, a importância da correlação entre o tema, problema, objetivos, método e a conclusão. Em relação ao aspecto relacional, as opções de “interesse e dedicação”, “comunicação” e “cooperação” foram as únicas que apresentaram a resposta que os orientandos atendem a poucas expectativas.

Contribuições: Esta pesquisa revelou a necessidade de expor os problemas que ocorrem durante as orientações das pesquisas acadêmicas através da visão do docente, para que se possa evitar um baixo desempenho dos envolvidos no processo durante  a elaboração do TCC. Com isso, toma-se como sugestão a realização de ações e projetos nas IES no intuito de desenvolver o conhecimento dos alunos de como elaborar um trabalho científico.

Publicado
2019-01-24
Como Citar
Silva, A. G. da, Morais, F. M. S. G. de, Farias, I. P., Medeiros, P. M. de, & Araújo, J. G. N. de. (2019). Dificuldades do Docente no Processo de Orientação em Trabalhos de Conclusão de Curso: um Estudo em Cursos de Ciências Contábeis em Instituições de Ensino Superior da Grande Recife. Revista Evidenciação Contábil & Finanças, 7(1), 20-38. https://doi.org/10.22478/ufpb.2318-1001.2019v7n1.36118
Seção
Seção Nacional

Artigos mais lidos do (s) mesmo (s) autor (es)