AUTOBIOGRAFIA NOSSO LAR: DISCURSO ESPÍRITA E ESCRITA DE SI

Autores

  • Iracilda Gonçalves

Resumo

Este trabalho é resultado de observação de saberes veiculados no campo discursivo Espírita sobre a mediunidade psicográfica. Para subsidiar esse nosso gesto de compreensão, utilizamos os fundamentos teórico-metodológicos da Análise de Discurso de linha francesa (AD), na perspectiva de Michel Foucault. Selecionamos como corpus o texto autobiográfico Nosso Lar, produzido pelo médium psicógrafo Francisco Cândido Xavier, de autoria do sujeito psicografado André Luiz. Compreendemos que a autobiografia, enquanto gênero discursivo apropriado para o relato de experiências individuais, uma “escrita de si”, constitui-se como uma prática discursiva que atende às necessidades comunicativas desse campo discursivo: fazer circular verdades espíritas por meio das vozes que emergem do “além”

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-22

Como Citar

GONÇALVES, I. AUTOBIOGRAFIA NOSSO LAR: DISCURSO ESPÍRITA E ESCRITA DE SI. Religare: Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões da UFPB, [S. l.], v. 9, n. 1, p. 92–101, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/religare/article/view/15810. Acesso em: 20 jul. 2024.