Imaginário, arte e alquimia: itinerários para uma educação da sensibilidade

Autores

  • Fernando Carvalho Lopes

Resumo

Neste artigo procuraremos explicitar a ligação do simbolismo Alquímico com a Estrutura Mística e Dramática do Regime Noturno do Imaginário, bem como a relação entre a Alquimia e a Arte, mais especificamente a prática da pintura a óleo. Com as conclusões alcançadas abordaremos os paralelos entre o processo criativo próprio às experimentações alquímicas e às práticas artísticas, concluindo que Arte e Alquimia são práticas de manipulação sensível da matéria e que, por isso, se constituem como ricos elementos para pensarmos a Arte-educação enquanto itinerário de formação, exercício da imaginação material e educação da sensibilidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2016-12-22

Como Citar

LOPES, F. C. Imaginário, arte e alquimia: itinerários para uma educação da sensibilidade. Religare: Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões da UFPB, [S. l.], v. 10, n. 2, p. 152–163, 2016. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/religare/article/view/17479. Acesso em: 28 maio. 2024.