A Teologia da Prosperidade e as representações acerca do Diabo no neopentecostalismo da Igreja Universal do Reino de Deus: uma conexão necessária

Autores

  • Marcello Felipe Duarte (UERJ) Universidade do Estado do Rio de Janeiro

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1982-6605.2019v16n1.41100

Resumo

Esse artigo tem o objetivo de realizar um estudo sobre a relação existente entre a Teologia da Prosperidade baseada, principalmente, na perspectiva teológica denominada economia sacrificial, e as práticas e representações acerca do diabo produzidas pela Igreja Universal do Reino de Deus. Tal relação é fundamental para explicar a construção da identidade neopentecostal iurdiana por meio da demonização das religiões de matriz afro-brasileira. A guerra espiritual contra as forças do mal promovida pela IURD se traduz em uma clara dicotomia entre o Reino de Deus, no qual se pode usufruir de suas bênçãos, e o Reino das Trevas, caracterizado pela ação do diabo na vida das pessoas que, por estarem distantes da vontade divina, sofrem toda sorte de maldições, como doenças e a miséria.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcello Felipe Duarte (UERJ), Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Mestre e Doutor em História pela UERJ

Downloads

Publicado

2019-12-28

Como Citar

(UERJ), M. F. D. A Teologia da Prosperidade e as representações acerca do Diabo no neopentecostalismo da Igreja Universal do Reino de Deus: uma conexão necessária. Religare: Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões da UFPB, [S. l.], v. 16, n. 1, p. p.282–305, 2019. DOI: 10.22478/ufpb.1982-6605.2019v16n1.41100. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/religare/article/view/41100. Acesso em: 29 maio. 2024.