A liberdade religiosa nas proposições de deputados evangélicos da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná

  • Lucas Alves da Silva UNESPAR - CAMPO MOURÃO
  • Daiana Nunes da Rosa UNESPAR - CAMPO MOURÃO
  • Frank Antonio Mezzomo UNESPAR - CAMPO MOURÃO
  • Cristina Satiê de Oliveira Pátaro UNESPAR - CAMPO MOURÃO

Resumo

Neste artigo, buscamos compreender a forma como os discursos sobre liberdade religiosa estão presentes nas proposições de quatro deputados evangélicos na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (ALEP). O corpus documental analisado é composto por oito matérias legislativas apresentadas pelos referidos deputados ao longo da 17ª legislatura (2015-2018). A seleção dos dados ocorreu a partir da tabulação de toda a produção legislativa, em que se observou a presença do discurso sobre a liberdade religiosa como forma de defesa de interesses oriundos do campo religioso. Os resultados apontam que a defesa dessa liberdade é acionada nos projetos e requerimentos, implicando na reivindicação de três pautas: (1) a não intervenção do Estado na atividade das Igrejas e na liberdade de crença; (2) o protagonismo da família ante a educação pública; (3) a liberdade religiosa em detrimento da liberdade de expressão. Os valores defendidos pelos deputados nas proposições analisadas se apresentam como conservadores no campo da moral, contra a discussão das questões de gênero e em defesa do poder da família sobre a educação, e utilizam o discurso da liberdade religiosa em detrimento da liberdade de expressão, desta forma, agem para defender os interesses de suas confissões religiosas.
Publicado
2019-01-20