O sagrado selvagem e a teologia radical do presbiteriano Richard Shaull: aproximações possíveis

Autores

  • Drance Elias da Silva Elias Universidade Católica de Pernambuco
  • Adriana Guilherme Dias da Silva Figueirêdo Universidade Católica de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1982-6605.2021v18n1.52424

Resumo

O estudo se propõe a analisar o conceito do Sagrado Selvagem, sistematizado pelo sociólogo francês Roger Bastide, relacionando-o à chamada Teologia Radical, a partir de um dos seus maiores expoentes, o missionário norte-americano Richard Shaull. Vinculado à Igreja Presbiteriana dos Estados Unidos, o teólogo permaneceu no Brasil durante uma década, exercendo atividade na docência do Seminário Presbiteriano do Sul na cidade de Campinas em São Paulo, e sobretudo, uma forte atuação política em meio aos movimentos estudantis de esquerda. Entre os anos de 1952 e 1962, período de grande efervescência político-social no Brasil e no mundo, quando as sociedades latino-americanas experimentavam o que foi denominado como “processo revolucionário”, Richard Shaull “sacudiu” as estruturas conceituais acerca do ideário político social predominante no meio protestante de então ao propor que os cristãos e as igrejas tomassem parte ativa no movimento revolucionário em curso, contribuindo para a superação das desigualdades sociais tão características das sociedades em desenvolvimento, como a brasileira. A partir de uma breve revisão bibliográfica, buscamos compreender em que medida a radicalização teológica de Richard Shaull consistiu numa expressão do sagrado selvagem no que tange à sua característica de rompimento com as estruturas institucionais estabelecidas e “domesticadas”, expressas sobretudo na dicotomia mundo-igreja, tão marcante na Teologia do meio protestante daquela época.

Palavras-chave: Sagrado Selvagem. Protestante. Teologia.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2022-02-11

Como Citar

ELIAS, D. E. da S.; ADRIANA GUILHERME DIAS DA SILVA FIGUEIRÊDO. O sagrado selvagem e a teologia radical do presbiteriano Richard Shaull: aproximações possíveis. Religare: Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões da UFPB, [S. l.], v. 18, n. 1, p. 182–205, 2022. DOI: 10.22478/ufpb.1982-6605.2021v18n1.52424. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/religare/article/view/52424. Acesso em: 26 fev. 2024.