Brazilian inpatients perspectives on spirituality, religiosity and the healthcare relationship regarding spirituality and religiosity in a university hospital

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1982-6605.2021v18n1.54220

Resumo

O cuidado espiritual e religioso vem sendo considerado essencial para superar o sofrimento ligado à doença. OBJETIVO: Investigou-se em uma amostra de 25 pacientes brasileiros internados em enfermarias médicas e cirúrgicas de um hospital universitário as preferências sobre espiritualidade/religiosidade (S/R) no atendimento prestado. MÉTODO: Utilizou-se uma abordagem etnográfica, analisada pelo discurso do sujeito coletivo. RESULTADOS: Os resultados mostraram que, para os pacientes entrevistados, as necessidades médicas e a relação com a equipe de saúdeforam mais importantes do que o atendimento relacionado à S/R e alguns deles consideraram a enfermaria um local inadequado para falar sobre S/R. CONCLUSÃO E IMPLICAÇÕES PARA A PRÁTICA: Esses achados enfatizam o papel do relacionamento equipe-saúde nos cuidados sobre a necessidade de inserir a abordagem S / R e indicam que é urgente um melhor entendimento sobre as preferências pessoais dos pacientes para o aprimoramento da prática clínica e a educação em saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Paula Rodrigues Cavalcanti, UFPB-CE-Departamento de Ciências das Religiões

UFPB - CE - Departamento de Ciências das Religiões. Nutricionista e Psicóloga Social(Ms).

Downloads

Publicado

2022-02-11

Como Citar

VIANA MARQUES, V. .; DE OLIVEIRA VALENTE, T. C. .; CAVALCANTI, A. P. R. Brazilian inpatients perspectives on spirituality, religiosity and the healthcare relationship regarding spirituality and religiosity in a university hospital. Religare: Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões da UFPB, [S. l.], v. 18, n. 1, p. 230–246, 2022. DOI: 10.22478/ufpb.1982-6605.2021v18n1.54220. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/religare/article/view/54220. Acesso em: 29 fev. 2024.