A sacralização das existências marginais: notas sobre a emergência da quimbanda nos cultos afro-gaúchos

Autores

  • Rodrigo Marques Leistner Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1982-6605.2020v18n1.59639

Resumo

O trabalho avalia o sentido das experiências religiosas que se articulam nos cultos de Quimbanda, subcategoria ritual das religiosidades afro-gaúchas. Organizada a partir do culto aos antepassados marginais da sociedade brasileira (Exus e Pombagiras), a Quimbanda se expressa justamente a partir de conteúdos simbólicos associados à ideia de marginalidade: ambiguidade moral, erotismo e violência simbólica são elementos constitutivos dessa prática, observando-se experiências religiosas que incorporam como positivo os elementos rejeitados em noções mais convencionais acerca do universo do sagrado. Destaque-se que tal culto adquiriu dimensão especial no campo afro-religioso gaúcho, o que fomenta reflexões não apenas sobre os conteúdos veiculados em suas fronteiras simbólicas, mas especialmente sobre o sentido de sua emergência na atualidade. Avalia-se que é a partir de uma espécie de neutralidade axiológica contida nos signos dessa forma religiosa que diferentes projetos individuais e coletivos encontram suporte para expressão, sobretudo no que se refere a modelos de subjetividade socialmente concebidos como “marginais”.

Palavras-chave: religiões afro-gaúchas; Quimbanda; experiências religiosas contemporâneas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Marques Leistner, Universidade Federal do Rio Grande (FURG)

Doutor em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (2014 - Bolsista CAPES). É Mestre em Ciências Sociais (2009 - Bolsista CAPES) e graduado em Comunicação Social (Hab. Publicidade e Propaganda - 2006) pela mesma instituição.

Professor da Área de Sociologia da Universidade Federal do Rio Grande – FURG. Doutor em Ciências Sociais pelo Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais da Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS.

Downloads

Publicado

2022-02-11

Como Citar

LEISTNER, R. M. A sacralização das existências marginais: notas sobre a emergência da quimbanda nos cultos afro-gaúchos. Religare: Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões da UFPB, [S. l.], v. 18, n. 1, p. 48–80, 2022. DOI: 10.22478/ufpb.1982-6605.2020v18n1.59639. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/religare/article/view/59639. Acesso em: 29 fev. 2024.