Opressão às mulheres em nome do sagrado. Um olhar crítico sobre Colossenses 3,18

Autores

  • Fernando Ferreira Rocha UMESP

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1982-6605.2022v19n1.63346

Resumo

Esta pesquisa busca refletir sobre a opressão às mulheres no contexto do cristianismo primitivo e contemporâneo, tendo como ponto de partida a ideia de submissão/sujeição com base nas recomendações bíblicas presentes na carta aos Colossenses. O caminho a ser percorrido por esta análise observará as influências de uma sociedade patriarcalista, sobre códigos e deveres domésticos presentes no pensamento paulino, destacados em especial na carta destinada à comunidade de Colossos, que entendida em dias atuais, retroalimenta a opressão misógina do discurso em nome do que é entendido popularmente como sagrado. Desta forma, nossa proposta é identificar discursos opressores presentes no cristianismo contemporâneo, bem como, analisar a condição das mulheres no cristianismo primitivo. Isso nos levará a compreensão do texto canônico, aproximando-o para nossos dias através de uma análise teológica atualizada. Neste ensaio bibliográfico utilizaremos algumas propostas da hermenêutica feminista que dialogam com colossenses 3.18 e ponderações de teólogos e teólogas que nos apontarão para caminhos de libertação e igualdade de gênero.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-05-18

Como Citar

ROCHA, F. F. Opressão às mulheres em nome do sagrado. Um olhar crítico sobre Colossenses 3,18. Religare: Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões da UFPB, [S. l.], v. 19, n. 1, p. 74–93, 2023. DOI: 10.22478/ufpb.1982-6605.2022v19n1.63346. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/religare/article/view/63346. Acesso em: 15 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos Nacionais