Ensino religioso e a questão da laicidade no Brasil: da colônia a 1930

Autores

  • Eraldo Leme Batista PUC-CAMPINAS

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1982-6605.2022v19n2.63493

Resumo

Desenvolvo análise referente à temática da laicidade e sua relação com o ensino religioso no Brasil e ao debate sobre a educação.  Observamos o período após a proclamação da República, destacando o período de rearticulação dos católicos nos anos 1930, com vistas ao retorno do ensino religioso nas escolas públicas, quando ocorre amplo debate entre religiosos e escolanovistas. O tema da laicidade do Estado e sua relação com a formação da República brasileira tem sido revisitado por estudiosos de diversas áreas das Ciências Humanas. A educação torna-se importante no país desde a vinda dos padres jesuítas, em 1549. O imiscuir-se da fé na educação, por meio das ações da Igreja, é o modo como se procura incutir a cultura e a religiosidade europeias aos povos indígenas. A metodologia de análise se concentra na leitura de textos históricos da educação no Brasil, após a proclamação da República até os anos 1930, assim como textos que discutem os conceitos de educação e instrução no contexto da laicidade e da influência religiosa. Entendo que o tema está longe de um acordo entre os interessados na promoção de um ensino laico e universal e aqueles que defendem a presença da fé religiosa na Educação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2023-09-28

Como Citar

BATISTA, E. L. . Ensino religioso e a questão da laicidade no Brasil: da colônia a 1930. Religare: Revista do Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões da UFPB, [S. l.], v. 19, n. 2, p. 289–312, 2023. DOI: 10.22478/ufpb.1982-6605.2022v19n2.63493. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/index.php/religare/article/view/63493. Acesso em: 26 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos Nacionais