Avaliar em Profundidade

Dimensões Epistemológicas, Metodológicas e Experiências Práticas de uma Nova Perspectiva de Avaliação de Políticas Públicas

  • Sr. Paulo Torres Universidade Federal do Ceará https://orcid.org/0000-0002-8332-1955
  • Dr. Alcides Fernando Gussi universidade federal do ceará
  • Sr. Paulo Junior Universidade Federal do Ceará
  • Sr. Tiago Amorim universidade federal do ceará
Palavras-chave: Políticas Públicas, Avaliação em Profundidade, Epistemologias e Metodologias de Avaliação

Resumo

O artigo analisa as dimensões epistemológicas e metodológicas e experiências práticas da perspectiva de Avaliação em Profundidade - AP, proposta por Rodrigues (2008), no âmbito do Mestrado em Avaliação de Políticas Públicas da Universidade Federal do Ceará – MAPP/UFC, que problematiza as avaliações convencionais e engloba novas dimensões que visam aproximar a avaliação dos sujeitos e contextos onde efetivamente as políticas são implementadas. Metodologicamente, este artigo centra-se na pesquisa bibliográfica, apresentando as contribuições de autores que versam sobre da AP, bem como analisando três experiências práticas de avaliação, realizadas por discentes do MAPP e que se aproximam dos pressupostos da AP. Como resultados, construiu-se a análise de uma trajetória intelectual da AP, que dialoga com paradigmas interpretativos de avaliação, afastando-se, epistemológica e metodologicamente, de paradigmas convencionais hegemônicos no campo da avaliação de políticas públicas. Por sua vez, as práticas avaliativas revelam como AP tem se construído, efetivamente, em avaliações substantivas, realizadas no MAPP. Por fim, as considerações finais, ressaltam as especificidades da AP em incorporar, na avaliação, a compreensão da experiência concreta da política e a sua aproximação com os sujeitos, constituindo um desafio para a afirmação de conhecimento mais democrático na avaliação políticas públicas.

Publicado
2020-07-31