Desempenho de um sistema de irrigação por microaspersão na cultura do coqueiro

  • Kleiton Rocha Saraiva
  • Rubens Machado Rebouças
  • Francisco de Souza

Resumo

A pesquisa objetivou avaliar o sistema de irrigação de 12 parcelas, através de testes de campo, visando determinar o coeficiente de uniformidade de Christiansen (CUC), o coeficiente de uniformidade de distribuição (CUD), a eficiência de aplicação da água (Ea), e a porcentagem de solo umedecido. As parcelas irrigadas por microaspersão encontravam-se cultivadas com a cultura do coqueiro híbrido. Para a obtenção das vazões nos emissores foi feito o cálculo da vazão média; para a obtenção dos coeficientes supracitados utilizou-se métodos nomeadamente reconhecidos. Também foi analisado o bulbo molhado. Os valores de CUC das 12 parcelas demonstraram valores ideais. O mesmo ocorreu com os valores de CUD que obtiveram classificação de bom a excelente. Já quanto à eficiência de aplicação, as parcelas 1, 2, 4, 5, 7 e 9 foram consideradas inaceitáveis. Porém, as parcelas 3, 6, 8, 10, 11 e 12 foram classificadas como aceitáveis. A variação da pressão de serviço exerceu influência nos coeficientes de uniformidade e sobre a vazão no sistema de irrigação por microaspersão. A altura das hastes e a retirada das bailarinas dos emissores influenciaram diretamente a eficiência de aplicação do sistema de irrigação.
Publicado
2014-06-10
Seção
Artigo Científico