Análise econômica num sistema de produção animal em pastagem exclusiva de Coastcross ou consorciada com Arachis pintoi

  • Alexandre Lenzi
  • Ulysses Cecato
  • Clarilton Edzard Davoine Cardoso Ribas
  • Luiz Carlos Pinheiro Machado Filho
  • Cláudio Roma
  • Leandro Martins Barbero
  • Veridiana Aparecida Limão

Resumo

O objetivo deste trabalho foi avaliar a economicidade num sistema de produção em pastagem de Coastcross consorciada ou não com Arachis pintoi adubada ou não com nitrogênio, durante três anos de utilização por fêmeas, sob lotação contínua e carga variável. Foram estudados quatro tratamentos assim descritos: (CA0) Coastcross + Arachis sem N; (CA100) Coastcross + Arachis com 100 kg de N; (C200) Coastcross com 200 kg de N e (CA200) Coastcross + Arachis com 200 kg de N. Para a avaliação fez-se uma análise por meio de indicadores econômicos. Examinando-se os fluxos de caixa, os tratamentos CA sem nitrogênio e CA 200 kg/ha/ano de N apresentaram o melhor resultado de renda média líquida. Pelos índices de rentabilidade adicional, o CA com 100 kg/ha/ano de N apresentou efeito negativo. Pelos valores obtidos para a taxa interna de retorno, dos sistemas de produção, deve-se escolher o sistema de consorciação sem a utilização de nitrogênio. Em relação ao valor atual líquido, o único tratamento a apresentar valor negativo foi o CA com 100 kg/ha/ano, devendo ser rejeitado. Os resultados refletiram melhor renda líquida por hectare para o tratamento sem nitrogênio.
Publicado
2009-11-17
Seção
Artigo Científico