Uso de ferramentas de gestão na atividade leiteira: um estudo multicasos em Uberlândia, MG

  • Marcos Aurélio Lopes Prof. Titular da Universidade Federal de Lavras. Departamento de Medicina Veterinária
  • Eduardo Mitke Brandão Reis Universidade Federal do Acre, Doutorando em Ciências Veterinarias pela Universidade Federal de Lavras
  • Fabiana Alves Demeu Instituto Federal de Rondônia, Ariquemes, RO, Brasil. Bolsista Capes. Doutorando em ciências veterinárias pela Universidade Federal de Lavras, MG, Brasil.
  • Alan Andrade Mesquita Universidade Federal de Lavras
  • Águida Garreth Ferraz Rocha Universidade Federal de Uberlândia
  • Djalma Ferreira Pelegrini Empresa de Pesquisa de Minas Gerais –EPAMIG, Belo Horizonte, MG, Brasil
  • João Gabriel Knynichala Faria Médico Veterinário autônomo, Uberlândia, MG, Brasil
  • Fernando Etiene Pinheiro Teixeira Júnior Universidade Estadual de Montes Claros,

Resumo

Objetivou-se analisar a aplicabilidade das ferramentas de gestão matriz GUT (gravidade, urgência e tendência), Brainstorming, PDCA (plan, do, check, action), diagrama de Ishikawa e 5W2H, visando o levantamento e a correção de pontos falhos a partir do diagnóstico de propriedades produtoras de leite. Os dados utilizados foram provenientes de quatro propriedades, localizadas na região de Uberlândia, MG, de agosto a dezembro de 2014, sendo coletados a partir de um formulário semiestruturado, contendo 549 questões. As respostas foram obtidas por meio da observação, bem como por entrevistas com os proprietários. Utilizando-se a matriz GUT, os principais pontos fracos encontrados, em ordem decrescente, foram: não realização de exames de brucelose e tuberculose, ausência de pastejo rotacionado, falta de volumoso para a época seca, excesso de proteína na ração concentrada e presença de lama nas áreas de descanso. Os principais pontos fortes encontrados foram: boa qualidade do leite, manejo adequado de vacas secas, cuidados com recém-nascidos, uso de tecnologias (inseminação artificial, ordenhadeira mecânica, cerca elétrica) e realização de controle zootécnico. A partir do ranqueamento dos pontos fracos, e utilizando a ferramenta de gestão Brainstorming, definiu quais ferramentas de gestão seriam utilizadas: PDCA, 5W2H e/ou Diagrama de Ishikawa, visando corrigi-los ou, pelo menos, amenizá-los. Concluiu-se que é possível adequar as ferramentas de gestão à pecuária leiteira, podendo ser usadas de forma contínua para o gerenciamento ou de forma pontual no estabelecimento de um plano ou projeto. Recomenda-se que elas sejam utilizadas, pois pontos fracos poderão ser identificados e corrigidas as ineficiências, contribuindo no aumento da rentabilidade e da lucratividade. Entretanto, são necessários conhecimentos de gestão e zootécnicos para aplicação de tais ferramentas em fazendas leiteiras.

Biografia do Autor

Marcos Aurélio Lopes, Prof. Titular da Universidade Federal de Lavras. Departamento de Medicina Veterinária
Prof. Dr. Titular da Universidade Federal de Lavras. Departamento de Medicina Veterinária. Pós graduação em ciencias veterinárias
Eduardo Mitke Brandão Reis, Universidade Federal do Acre, Doutorando em Ciências Veterinarias pela Universidade Federal de Lavras
Professor do Centro de Ciencias Biológicas e da Natureza da UFAC
Fabiana Alves Demeu, Instituto Federal de Rondônia, Ariquemes, RO, Brasil. Bolsista Capes. Doutorando em ciências veterinárias pela Universidade Federal de Lavras, MG, Brasil.
Professora do Instituto Federal de Rondônia, Ariquemes, RO,
Alan Andrade Mesquita, Universidade Federal de Lavras
Universidade Federal de Lavras, Departamento de Zootecnia, Lavras, MG, Brasil
Águida Garreth Ferraz Rocha, Universidade Federal de Uberlândia
Universidade Federal de Uberlândia, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Uberlândia, MG, Brasil
Djalma Ferreira Pelegrini, Empresa de Pesquisa de Minas Gerais –EPAMIG, Belo Horizonte, MG, Brasil
Pesquisador da Empresa de Pesquisa de Minas Gerais –EPAMIG, Belo Horizonte, MG, Brasil
João Gabriel Knynichala Faria, Médico Veterinário autônomo, Uberlândia, MG, Brasil
MédicoVeterinário autônomo, Uberlândia, MG, Brasil
Fernando Etiene Pinheiro Teixeira Júnior, Universidade Estadual de Montes Claros,
Universidade Estadual de Montes Claros, Departamento de Ciência da Administração, Montes Claros, MG, Brasil
Publicado
2018-05-23
Seção
Medicina Veterinária