Facebook Event as a platform to promote engagement in social movements

Theory of performativity applied to social networks

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1983-5930.2020v13n1.51507

Resumo

Este artigo reflete sobre a aplicação da Teoria da Performatividade em processos comunicacionais complexos como os que emergem das redes sociais. A Teoria dos Atos de Fala, de Austin (1975), e o conceito de Performatividade, de Butler (1997), são recuperados para encontrar mecanismos de análise em enunciados que são intrínsecos à estrutura das ferramentas de sites. Em paralelo, usa-se também a Teoria Ator-Rede, de Latour (2017). Como resultado, chegamos à conclusão que o uso da ferramenta Eventos do Facebook implica em performatividade, uma vez que ao pressionar os botões “Ir” ou “Interessado” o usuário expressa diferentes significados. Em termos sucintos, a performatividade permite a produção de efeitos através da linguagem (atos de fala) nas de Redes Sociais digitais.

Palavras-chave: Eventos do Facebook. Performatividade. Atos de Fala.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carolina Figueiredo, UFPE

Professora do Departamento Social da Universidade Federal de Pernambuco, pesquisadora em mídias digitais.

Caio Santos, University of London

Doutorando em Humanidades Digitais na School of Advanced Study da Universidade de Londres (Early Stage Researcher – ESR).

Downloads

Publicado

2020-09-30

Como Citar

FIGUEIREDO, C.; SANTOS, C. Facebook Event as a platform to promote engagement in social movements : Theory of performativity applied to social networks . Culturas Midiáticas, [S. l.], v. 13, n. 1, p. 54–69, 2020. DOI: 10.22478/ufpb.1983-5930.2020v13n1.51507. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/cm/article/view/51507. Acesso em: 3 fev. 2023.

Edição

Seção

Artigos - Mídia e Sociedade