REDD+ as reducing agent of social inequality in the Brazilian Amazonia: predictors for a municipality in the central portion of the biome

Autores

  • Renan Albuquerque Rodrigues
  • Antônio José do Nascimento Fernandes

Resumo

O estudo avaliou um projeto REDD+ (Redução de Emissão por Desmatamento e Degradação Florestal) implementado na Amazônia Brasileira em 2013 e ainda em andamento, o qual tende a reduzir as emissões de carbono e incentivar boas práticas sociais às populações impactadas. O software Carbontrack foi usado para estimar o volume de C em função de dados do SIMAMAZONIA. Dimensões humanas foram descritas por etnografia, contexto social e escala de bel-estar subjetivo. Na simulação de desflorestamento, mudanças potenciais de cenários se mostraram incisivas, por conta de pressões de fazendeiros do crescimento de áreas urbanas. Para as dimensões humanas registrou-se potencial para processsos de exclusão social.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Como Citar

RODRIGUES, R. A.; FERNANDES, A. J. do N. REDD+ as reducing agent of social inequality in the Brazilian Amazonia: predictors for a municipality in the central portion of the biome. Gaia Scientia, [S. l.], 2014. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/gaia/article/view/18334. Acesso em: 21 abr. 2024.

Edição

Seção

Ciências Ambientais