Conhecimento Botânico Tradicional sobre Cactáceas no Semiárido do Brasil

Autores

  • Camilla M. Lucena
  • Thamires Kelly N. Carvalho
  • João Everthon S. Ribeiro
  • Zelma G. M. Quirino
  • Alejandro Casas UNAM, México
  • Reinaldo F. P. Lucena UFPB/CCA/DFCA. Areia, Paraíba, Brasil

Resumo

A família Cactaceae possui relevância cultural e econômica para os agricultores do semiárido do Brasil. Várias espécies são utilizadas para diversos fins, principalmente o uso como forragem em períodos de estiagem. O presente estudo objetivou registrar o conhecimento que agricultores de uma comunidade rural no semiárido da Paraíba possuem sobre o uso de cactáceas. Entrevistas semiestruturadas foram realizadas com 99 informantes. Os cactos citados foram organizados em categorias de uso. Registraram-se onze espécies, com total de 1.122 citações, distribuídas em 11 categorias de uso. A espécie mais citada foi Cereus jamacaru DC. subsp. jamacaru e a categoria de uso foi a forragem. Este trabalho evidenciou o valor cultural das espécies de cactáceas para os agricultores. No entanto, espécies importantes como C. jamacaru subsp. jamacaru não estão sendo utilizadas de forma sustentável, o que pode provocar sua extinção local. Algumas recomendações são discutidas para sua proteção.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Reinaldo F. P. Lucena, UFPB/CCA/DFCA. Areia, Paraíba, Brasil

http://lattes.cnpq.br/0588527774815010

Downloads

Publicado

2015-05-11

Como Citar

LUCENA, C. M.; CARVALHO, T. K. N.; RIBEIRO, J. E. S.; QUIRINO, Z. G. M.; CASAS, A.; LUCENA, R. F. P. Conhecimento Botânico Tradicional sobre Cactáceas no Semiárido do Brasil. Gaia Scientia, [S. l.], v. 9, n. 2, 2015. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/gaia/article/view/24207. Acesso em: 26 jan. 2022.

Edição

Seção

Ciências Ambientais

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)