Potencial de uso de macrófitas aquáticas como ferramenta de fitorremediação na lagoa facultativa da Estação de Tratamento de Esgoto de Mamanguape-PB

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.1981-1268.2022v16n4.44954

Resumo

Uma das principais causas de poluição dos corpos hídricos é o lançamento de efluentes sem tratamento apropriado. Para proteger os recursos ambientais é crescente o investimento em tecnologias e ferramentas para o tratamento de esgotos. Esta pesquisa objetivou avaliar o potencial de uso das macrófitas aquáticas, como ferramenta de fitorremediação na lagoa facultativa da Estação de Tratamento de Esgotos (ETE) de Mamanguape-PB. Para tanto, foram implantadas estruturas contendo macrófitas das espécies Eichhornia crassipes (Mart. Solms) e Pistia stratiotes (Jalkumbhi). Foram realizadas coletas de amostras de água em pontos de entrada e saída da Lagoa Facultativa, e posteriores análises laboratoriais de indicadores de qualidade de água (pH, oxigênio dissolvido, amônia, nitrito, nitrato, ortofosfato e condutividade elétrica) antes da implantação das macrófitas (controle), quando estas estavam presentes com poucas macrófitas na lagoa (PM) e quando com muitas macrófitas (MM). Os dados adquiridos foram analisados estatisticamente através do software R, e também de acordo com a capacidade de depuração dos parâmetros. Diante dos resultados obtidos verificou-se que apesar de terem ocorrido melhorias na qualidade da água da lagoa após a implantação das macrófitas, estas não foram estatisticamente significativas, com exceção apenas do parâmetro de pH, não havendo, portanto, o efeito esperado da fitorremediação no biotratamento da água da ETE-Mamanguape, sendo a hipótese da pesquisa rejeitada, para a quantidade de plantas testada.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luanny Dantas de Brito, UNIVERSIDADE FEDERAL DA PARAIBA

Mestranda do PRODEMA-UFPB Graduada em Engenharia Ambiental pela UFPB Graduada em Gestão Ambiental pelo IFPB.

Downloads

Publicado

2022-12-29

Como Citar

BRITO, L. D. de; CRISTINA CRISPIM BASÍLIO DA SILVA, M. Potencial de uso de macrófitas aquáticas como ferramenta de fitorremediação na lagoa facultativa da Estação de Tratamento de Esgoto de Mamanguape-PB. Gaia Scientia, [S. l.], v. 16, n. 4, p. 94–118, 2022. DOI: 10.22478/ufpb.1981-1268.2022v16n4.44954. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/gaia/article/view/44954. Acesso em: 23 abr. 2024.

Edição

Seção

Ciências Ambientais