A Escrita da história: uma escrita poética

Palavras-chave: História e Literatura, Poética da História, Hayde White, Teoria da História

Resumo

A história enquanto disciplina tem sua estrutura discursiva composta na forma de uma narrativa verbal em prosa que visa a representar realisticamente aquilo que pretende explicar objetivamente. Assim, destacam-se as aproximações entre a escrita historiográfica e a escrita literária, numa direção em que se encontra a atitude poética do historiador no processo de criação e elaboração de suas narrativas sobre um passado ao qual se busca conferir sentido e significado – e em última análise, torná-lo útil – em função do presente e do contexto em que está inserido. O presente artigo analisa as proposições de aproximação entre o fazer historiográfico e o fazer literário realizadas pelo historiador Hayden White, que investigou os elementos literários, portanto, artísticos, da produção historiográfica.

Referências

ARISTÓTELES. Arte poética e arte retórica. Rio de Janeiro: Edições de Ouro, s/d.

AUERBACH, E. Mimesis: a representação da realidade na literatura. São Paulo: Perspectiva, 2011.

BURKE, K. A Grammar of Motives. New York: Prentice-Hall, Inc., 1945.

FRYE, N. Anatomia da Crítica. São Paulo, Cultrix, 1989.

GOMBRICH, E. H. Arte e ilusão: um estudo da psicologia da representação pictórica. São Paulo: Martins Fontes, 1986.

LIMA, L. C. A aguarrás do tempo – estudos sobre a narrativa. Rio de Janeiro: Rocco, 1989.

_____________. História. Ficção. Literatura. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.

_____________. O controle do imaginário & A afirmação do romance. São Paulo: Companhia das Letras, 2009.

MIGNOLO, W. Lógica das diferenças e política das semelhanças: da literatura que parece história ou antropologia e vice-versa. In: CHIAPPINI, L.; AGUIAR, F. W. (Org.) Literatura e história na América Latina. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo, 1993.

RICOEUR, P. Tempo e Narrativa. Tomo I, II e III. Campinas: Papirus, 1994-1997.

_____________. A memória, a história, o esquecimento. Campinas: Ed. Unicamp, 2007.

STONE, L. O ressurgimento da narrativa: reflexões sobre uma nova velha história. In: Revista de História. Campinas: IFCH/UNICAMP, 1991.

VASCONCELOS, J. A. Quem tem medo de teoria? A ameaça pós-moderna na historiografia americana. São Paulo: Annablume; Fapesp, 2005.

VEYNE, P. Como se escreve a história. Brasília: Editora UNB, 1998.

VILLI, T. A poética da história em Hayden White: construções da narrativa histórica e suas possibilidades literárias. Dissertação. Mestrado em História. Universidade Federal do Paraná. Curitiba, 2018.

WHITE, H. Meta-História: A imaginação Histórica do século XIX. Tradução de José Laurêncio de Melo. 2ª Ed. São Paulo: Editora da USP, 2008.

_____________. Trópicos do Discurso: Ensaio sobre a Crítica da Cultura. Tradução de Alípio Correia de Franca Neto. 2ª ed. 1ª reimpr. São Paulo, Editora da USP, 2014.

_____________. The Content of the Form: Narrative Discourse and Historical Representation. Baltimore and London: The Johns Hopkins University Press, 1987.

Publicado
2020-01-11
Como Citar
VILLI, T.; GUERRA HERNANDEZ, H. A Escrita da história: uma escrita poética. Revista Graphos, v. 21, n. 2, p. 148-163, 11 jan. 2020.