Usos do passado

Afonso Costa, o IGHB e a comemoração do bicentenário de Jacobina (Bahia) em 1922

Autores

DOI:

https://doi.org/10.22478/ufpb.2317-6725.2021v26n44.54694

Palavras-chave:

Comemoração, Afonso Costa, Jacobina, IHGB

Resumo

Os dispositivos das memórias e seus usos sociais vêm despertando cada vez mais os interesses dos historiadores. Não apenas enquanto um objeto da história, a memória passou a ser, dentro dessa nova perspectiva de análise, um tipo de abordagem de grande importância. Nesse sentido, as comemorações ocupam atenções especiais por parte da recente historiografia, visto ser um artifício a serviço da preservação de uma memória, oficial ou não, seletiva por natureza, marcada pelos esquecimentos e silêncios. No sertão da Bahia, as festas pela comemoração do bicentenário da Vila de Jacobina foram realizadas entre os dias 20 e 24 de junho de 1922, reunindo na época diversas pessoas e personalidades da região, além de lideranças políticas.Particularmente, o evento contou com a participação do jornalista e intelectual jacobinense Afonso Costa, que esteve ali como orador oficial e representante do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia (IGHB). O presente artigo examina o significado daquela comemoração no espaço político da época através dos textos de Afonso Costa e da imprensa regional, bem como na sua relação com o Centenário da Independência do Brasil. Por fim, investiga aspectos da invenção de Jacobina na produção historiográfica de Afonso Costa e sua vinculação aos propósitos do IGHB na busca pela construção da identidade nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Valter Gomes Santos de Oliveira, Universidade do Estado da Bahia

Doutor em História Social pela UFBA e professor adjunto na Universidade do Estado da Bahia, atuando na graduação e nos programas de mestrado em Estudos Africanos, Povos Indígenas e Culturas Negras e em Educação e Diversidade. Líder do Núcleo de Estudos de Cultura e Cidade (NECC). Desenvolve pesquisas ligadas às temáticas de fotografia, memória e cidade, com textos publicados em revistas especializadas no Brasil. Autor dos livros “Offereço meu original como lembrança”: circuito social da fotografia nos sertões da Bahia (2017) e Revelando a cidade: cultura fotográfica no sertão da Bahia (2019). E-mail: vgoliveira@uneb.br

Referências

Coleção do Jornal A Palavra. Acervo digital do Núcleo de Estudos de Cultura e Cidade (NECC/UNEB).

Coleção do Jornal Correio de Jacobina. Acervo digital do Núcleo de Estudos de Cultura e Cidade (NECC/UNEB).

Coleção do Jornal Correio do Sertão. Acervo digital do Núcleo de Estudos de Cultura e Cidade (NECC/UNEB).

Coleção Memória Fotográfica de Jacobina. Acervo digital do Núcleo de Estudos de Cultura e Cidade (NECC/UNEB).

BLUME, Luiz Henrique dos Santos. Imagens da cidade: memória da modernidade no sertão. Jacobina, Ba, 1920-1950. In: MENEZES, Adriano; OLIVEIRA, Valter (org.). Culturas urbanas na Bahia: estudos sobre Jacobina e região. Salvador: EDUNEB, 2009.

CALMON, Pedro. Afonso Costa. Revista do Instituto Genealógico da Bahia. Ano X, nº 190. Bahia: Tipografia Manú Editora Ltda, 1958.

COSTA, Affonso. Minha Terra: Jacobina de antanho e de agora. Anais do 5º Congresso Brasileiro de Geografia. Vol II. Bahia: Imprensa Oficial do Estado, 1918.

COSTA, Affonso. 200 annos depois. A então Villa de Jacobina. Revista do Instituto Geographico e Historico da Bahia. N. 48. Bahia: Imprensa Official do Estado, 1923.

COSTA, Afonso. Guedes de Brito, o povoador (História de Jacobina). Anais do Arquivo Público da Bahia. Vol. XXXII. Bahia, 1952a.

COSTA, Afonso. Seara Genealógica – Os Dias, Cezares, Morais e outros de Jacobina. Revista do Instituto Genealógico da Bahia.Ano VII, n. 7. Bahia: Oficina Tipográfica Manú, 1952b.

COSTA, Afonso. Vida Eclesiástica (História da Jacobina). Jornal do Comércio. Rio de Janeiro, 31 de agosto de 1952c, p. 4.

COSTA, Afonso. Nomes que dignificam (Da História da Jacobina). Revista do Instituto Geográfico e Histórico da Bahia. N. 79. Bahia, 1955.

FERREIRA, Marieta de Moraes; PINTO, Surama Conde Sá. A crise dos anos 1920 e a Revolução de 1930. In: O tempo do liberalismo excludente – da Proclamação da República à Revolução de 1930. Organização Jorge Ferreira e Lucília de Almeida Neves Delgado. 4. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

GAMA e ABREU, Edith Mendes da. Afonso Costa. Revista do Instituto Genealógico da Bahia. Ano X, nº 190. Bahia: Tipografia Manú Editora Ltda, 1958.

GUIMARÃES, Lúcia Maria Paschoal. IV Congresso de História Nacional: tendências e perspectivas da história do Brasil colonial (Rio de Janeiro, 1949). Revista Brasileira de História. V. 24, n. 48, p. 145-170, 2004.

JOÃO, Maria Isabel. Memória e comemoração. História Revista. V. 8, n. 1/2, p. 57-88, 2003.

LANNA JÚNIOR, Mário Cléber Martins. Tenentismo e crises políticas na Primeira República. In: FERREIRA, Jorge; DELGADO, Lucília de Almeida Neves (org.). O tempo do liberalismo excludente – da Proclamação da República à Revolução de 1930. 4. ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2010.

LE GOFF, Jacques. História e Memória. 4. ed. Campinas, SP: Editora da UNICAMP, 1996.

MENEZES, Adriano Antônio Lima. Imprensa e Identidade Sertaneja: Discurso e Prática de Leitura no Piemonte da Chapada Diamantina, Bahia (1916-1943). Curitiba: CRV, 2020.

MOTTA, Marly. Exposição Internacional do Centenário da Independência do Brasil. 1993. Disponível em: http://memoriadasolimpiadas.rb.gov.br/jspui/handle/123456789/1436. Acesso em: 17 fev. 2020.

NEVES, Erivaldo Fagundes. Crônica, Memória e História: Formação historiográfica dos sertões da Bahia. Feira de Santana: UEFS, 2016.

NORA, Peirre. Entre Memória e História. A problemática dos lugares. Projeto História. V. 10, p. 7-28, 1993.

OLIVEIRA, Valter Gomes Santos de. Memória Fotográfica Jacobina: investigações sobre os fotógrafos e suas obras na cidade. In: SAMPAIO, Alan; OLIVEIRA, Valter. Arte e Cidade: imagens de Jacobina. Salvador: EDUNEB, 2006.

PASSOS, Alan Santos. A Cidade de Salvador e os seus 400 anos: Política, História e Usos do passado (Bahia, 1949). Dissertação de Mestrado. Salvador: UFBA, 2016.

SCHUSTER, Sven. História, nação e raça no contexto da Exposição do Centenário em 1922. História, Ciências, Saúde – Manguinhos. v. 21, n. 1, p. 121-134, 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S0104-59702014000100121&lng=en&nrm=iso. Acesso em: 2 mar. 2020.

SILVA, Aldo José Morais. Instituto Geográfico e Histórico da Bahia: Origem e Estratégias de Consolidação Institucional. Tese de Doutorado. Salvador: UFBA, 2006.

SILVA, Helenice Rodrigues da. “Rememoração”/comemoração: as utilizações sociais da memória. Revista Brasileira de História, v. 22, n. 44, p. 425-438, 2002.

TURAZZI, Maria Inez. Poses e trejeitos: a fotografia e as exposições na era do espetáculo (1839-1889). Rio de Janeiro: Rocco, 1995.

Downloads

Publicado

2021-07-29

Como Citar

OLIVEIRA, V. G. S. de . Usos do passado: Afonso Costa, o IGHB e a comemoração do bicentenário de Jacobina (Bahia) em 1922. Sæculum – Revista de História, [S. l.], v. 26, n. 44, p. 119–133, 2021. DOI: 10.22478/ufpb.2317-6725.2021v26n44.54694. Disponível em: https://periodicos.ufpb.br/ojs2/index.php/srh/article/view/54694. Acesso em: 7 dez. 2021.