REFÉNS DAS IMAGENS: CORPOS, SUJEITOS E SIMULACROS NA INDÚSTRIA DE MODELOS

Fabiana Jordão MARTINEZ

Resumo


Este texto trata das articulações entre consumo, corpo e gênero na indústria de modelos profissionais. Apropriando-me do material empírico de pesquisas realizadas desde 2001 até o presente momento, atento para a determinação de arranjos específicos destas esferas, suas categorias e modos de construção de subjetividades. Dentro disso, a questão delimitadora deste texto diz respeito às estratégias e dinâmicas de construção do modelo profissional dentro da lógica do capital, considerando que tais sujeitos são apropriados, classificados, valorizados e circulam análoga e intrinsecamente à lógica de produção e circulação de mercadorias. Também serão analisados os processos de corporalidade e de constituição de subjetividades dentro e através desta lógica, atentando para recortes de gênero, bem como para o princípio organizador das subjetividades deste campo: a dicotomia entre vida vivida e vida representada.

Texto completo:

PDF



Revista Ártemis: ISSN 1807-8214

Este periódico está indexado nas bases: