Encontros que constroem pesquisas

  • Wagner Previtali Universidade Federal de Pelotas
  • Martha Rodrigues Ferreira Universidade Federal de Pelotas
  • Louise Prado Alfonso Universidade Federal de Pelotas

Resumo

O projeto de pesquisa “Margens: Grupos em processo de exclusão e suas formas de habitar Pelotas”, conta com o apoio da FAPERGS, e busca pensar as cidades a partir de suas margens. O projeto é desenvolvido no âmbito do GEEUR - Grupo de Estudos Etnográficos Urbanos. A equipe do Margens realiza anualmente o evento “Cidades em Transe”. Em 2017, o evento teve como tema “conflitos e resistências”. A organização prevê rodas de conversa que propiciam a ampliação do debate entre comunidades diversas e a universidade. O ensaio que aqui apresentamos é referente a cada roda de conversa. As comunidades representadas são nossas interlocutoras nos seguintes projetos de extensão: O Trabalho Doméstico entre o Passado e o Presente; Terra de Santo: Patrimonialização de Terreiro em Pelotas; Mapeando a Noite: o Universo Travesti, e Narrativas do Passo dos Negros: Exercício de Etnografia Coletiva para Antropólogas e Antropólogos em Formação. Buscamos em nossas atividades fortalecer a relação entre ensino, pesquisa e extensão, valorizando a multidisciplinaridade da pesquisa. Os projetos surgiram a partir de demandas da comunidade, então o diálogo extramuros se faz presente desde o início das pesquisas. A fotografia não se dá aqui como mero registro, mas como uma maneira de evidenciar e destacar esses diversos grupos, enfatizando suas presenças (ou ausências) na cidade.

Biografia do Autor

Wagner Previtali, Universidade Federal de Pelotas

Possui graduação em Cinema e Audiovisual pela Universidade Federal de Pelotas (2019). Tem experiência na área de Cinema, com ênfase em direção cinematográfica, roteiro e produção. Estudante da graduação em antropologia pela Universidade Federal de Pelotas (2020). Bolsista FAPERGS (2017/2018) no Projeto de Pesquisa Margens: Grupos em de Exclusão e suas Formas de Habitar Pelotas/RS.

Martha Rodrigues Ferreira, Universidade Federal de Pelotas

Bacharelando em antropologia social e cultura pela Universidade Federal de Pelotas. Atualmente é bolsista pela FAPERGS, do Projeto de Pesquisa Margens: Grupos em processos de exclusão e suas formas de habitar Pelotas. Tem experiência na área de Antropologia, com ênfase em Antropologia Urbana, atuando principalmente nos seguintes temas: cidade, margens, patrimônio, cartografia.

Louise Prado Alfonso, Universidade Federal de Pelotas
  Louise Prado Alfonso é professora de antropologia e arqueologia na Universidade de Pelotas - UFPEL. Atua em estudos voltados para a pluralidade da Cultura Material, do Patrimônio e da Sociedade, sob uma perspectiva multidisciplinar.                          
Publicado
2020-03-06