A mutilação genital feminina no continente africano sob a perspectiva feminista

  • Letícia Zimmer Olegário
  • Mariana Dalalana Corbellini

Resumo

O presente artigo apresenta como objetivo principal fazer uma análise feminista da mutilação genital feminina, prática que fere os direitos fundamentais de grande parte da população feminina africana. Esta pesquisa foi dividida em três partes, sendo que em um primeiro momento será apresentada a Teoria Feminista (teoria que servirá de balizadora da análise feita posteriormente). Após será exposta a prática, procurando compreender no que essa consiste, assim como o seu histórico, as suas justificativas para sua a perpetuação e por fim as consequências físicas e emocionais para essas mulheres. Na última parte do artigo será então feita a análise proposta no objetivo do estudo. Faz-se uso de uma metodologia de análise documental e bibliográfica a partir de leituras de documentos oficiais apresentados pelas agências da Organização das Nações Unidas. Esta pesquisa mostra-se relevante devido à perspectiva feminista ainda ser marginalizada perante de teorias mainstream.
Publicado
2017-08-21
Como Citar
OLEGÁRIO, L. Z.; CORBELLINI, M. D. A mutilação genital feminina no continente africano sob a perspectiva feminista. Revista Ártemis - Estudos de Gênero, Feminismos e Sexualidades, v. 23, n. 1, 21 ago. 2017.